Produção de Alimentos: panorama sobre os meios de produção

Posted by

A produção de alimentos vista de uma forma ampliada no contexto atual:

Vivemos em meio de incertezas advindas de um novo tipo de “gargalo” que afeta todos os segmentos da sociedade, sejam eles a educação, agricultura, manufatura, saúde e bem-estar, tecnologia, e tantos outros.

Ainda pouco conhecido e sendo um fator de expansão no mundo, essa nova imposição de reinventar-se continuamente direcionou a sociedade para um novo modelo de processos.

Na gestão, na disseminação de informações e da tomada de decisões mais focadas nas pessoas, na forma de destinação de produtos e serviços para o mesmo fim.


Curso de Constelação Familiar e Sistêmica

 

1. Mudanças da sociedade e o meio ambiente

Na visão de Marshall, o homem tem submetido a natureza a um processo permanente de modificação.

Essa transformação dos recursos naturais, seja como fonte de energia seja matéria-prima, sem medir as consequências desse uso, tem gerado graves transtornos no ecossistema.

Da mesma forma, os dejetos produzidos por toda sociedade são excretados no meio ambiente de modo indiscriminado ocasionando situações irreversíveis de contaminação e degradação.



FORMAÇÃO COMPLETA EM PSICANÁLISE
Seja Psicanalista. Curso 100% Online. Habilita a Atuar. Teoria, Supervisão e Análise. SAIBA MAIS



 

2. Novos hábitos e a qualidade de vida

Os critérios de avaliação da qualidade de vida passaram a ser baseados na capacidade de consumo do grupo ou país e surgiu, então, a sociedade consumista, chamada também de sociedade descartável, na qual as pessoas eram estimuladas a desperdiçar, a usar e a descartar.

A mentalidade do usar e descartar, do consumo e do desperdício de matéria-prima e energia, abundante e a preços irrisórios, impregnou também a gerência das organizações, principalmente na produção de alimentos.

 

3. A onda mundial da produção de alimentos

Sabemos que toda organização assim como os fatores biológicos fazem parte de um sistema, onde todas as partes em si estão sempre em interação, correspondendo a subsistemas complexos que refletem a interdependência desses conjuntos.

Nessa linha de considerações, quando tratamos a temática pela ótica da produção de alimentos, verificamos que demanda no Brasil e no mundo, passa por uma constante evolução.

Seja pelo crescimento acelerado da população ou pela crescente necessidade do consumo de insumos.


Curso de Formação em Reiki - banner

 

4. O cenário das corporações

Para as organizações, o enfoque sistêmico retrata uma maneira de explorar o meio ambiente e delimitar cenários prováveis de longo prazo.

Isso, com base nos objetivos institucionais, sendo que estratégias devem ser aplicadas para alcançá-los segundo Seiffert.

Em virtude disso, são assinalados os processos sistêmicos fundamentais para alcançar esses objetivos.

Após identificá-los, são desenvolvidas situações que permitam o estabelecimento ou revisão da estrutura organizacional, recursos humanos e outros elementos demandados para obtenção dos objetivos estratégicos.

A próxima etapa envolve a identificação de tecnologias da informação que irão dar suporte à estrutura da empresa.

 

5. Qual a relação atual da produção de alimentos com o meio ambiente?

De uma outra perspectiva, ao analisarmos o trabalho de Donaire, quando se considera a questão ambiental do ponto de vista organizacional, a ideia que prevalece é de que qualquer medida em relação à variável ambiental, transfere o aumento de despesas e acréscimo dos custos do processo produtivo.

Porém, algumas empresas têm apresentado a possibilidade de maximizar os lucros e proteger o meio ambiente, transformando as restrições e ameaças ambientais em oportunidades de negócios na produção de alimentos.

Pode-se citar como oportunidade a reciclagem de materiais, reaproveitamento de resíduos, desenvolvimento de novos processos produtivos com implementação de novas tecnologia, que se transformam em vantagens competitivas.

 

6. Inovar para produzir mais: o caminho da melhoria na produção de alimentos

A inovação é um elemento chave em todas as cadeias produtivas, sendo importante na melhoria contínua e na busca de novas oportunidades e tendências na produção de alimentos.

Na literatura consultada sobre inovação, a ênfase é dada por Blommerde e Lynch na discussão dos fatores que conduzem as empresas a adotarem comportamentos que ampliam o acesso à geração de ideias.

E aos contatos com fatores externos, como forma de contribuir para o processo de desenvolvimento da inovação.

 

7. Como fica o cenário brasileiro de produção alimentos?

A produção de alimentos no Brasil tem como pilares fundamentais a garantia da oferta e a diversificação de produtos.

Isso porque cada vez mais as pessoas precisam obter fatores nutritivos adequados, disponibilizados sempre que necessário, na velocidade requerida e com a qualidade esperada.

 

8. Como atuar frente aos novos desafios?

Autores como Slack, Brandon-Jones e Jhonston, afirmam que o sistema de gestão das organizações constantemente passa por desafios.

Seja por conta da globalização, por consumidores cada vez mais exigentes, ou pela necessidade de manter-se como referência no mercado.

Isso faz com que as empresas procurem reinventar os produtos ou serviços, seja na elaboração de um novo produto, na inovação de serviços, tecnológica ou nas modificações de produtos já existentes.

 

9. A influência da Pesquisa para a produção de alimentos

Uma pesquisa elaborada pelo SEBRAE aponta a atenção que deve ser dada as tendências de consumo e a modificação do perfil dos consumidores.

Essa mesma pesquisa, mostra que cerca de 80% das pessoas estariam dispostas a pagar um valor mais elevado por alimentos produzidos de forma mais sustentável.

É importante destacar que, faixa etária, renda familiar, urbanização, sazonalidade, confiabilidade e a qualidade são pontos que influenciam diretamente o consumo  e na produção de alimentos.

 

10. A luta do mercado pela sobrevivência em tempos atuais

Em decorrência das grandes transformações ocorridas nos últimos tempos, Gomes e Braga afirmam que as organizações têm procurado formas alternativas para sobreviver e se destacar no mercado.

Para lidar com a incerteza, a turbulência e a instabilidade deste meio em transformação, as empresas buscam estratégias para identificar e combater as ameaças, e ao mesmo tempo, aproveitar as oportunidades.

Diante da imensa legião de competidores, as tendências do cenário atual na produção de alimentos apontam para uma permanente avaliação por parte dos gestores.

Isso, no que diz respeito ao ambiente competitivo e ao conjunto de informações que dele advém.

 

11. A busca pelo modelo ideal para produção de alimentos

Para encontrar o modelo de processo que mais se adeque a produção de alimentos, é necessário mapeá-la (desde os inputs até os outputs), para suprimir os desperdícios e falhas, agindo corretivamente na fonte principal dos erros.

Os modelos de gestão são métodos essenciais para uma organização, tendo em vista que, através deles será possível almejar a qualidade e a satisfação dos clientes.

Produzir bens e serviços com qualidade e baixo custo é o sonho de toda e qualquer organização.

 

12. Preparação antes da ação

Todavia, antes de implementar as mudanças para melhoria da produção em geral, deve-se analisar a aptidão da instituição para receber tais mudanças.

Ao definir os métodos adequados, estes devem estar devidamente padronizados e legalizados com todos os detalhes para sua implementação.

 

13. O empurrão da tecnologia para a produção de alimentos

A tecnologia vem sendo cada vez mais utilizada a favor de todos os setores de produção, e tornou-se essencial para o aprimoramento dos produtos e serviços produzidos.

No ambiente industrial as constantes mudanças na área tecnológica, fez com que que as empresas se adequem aos novos quesitos que evitam desperdícios.

Por isso a substituição dos equipamentos produtivos é realizada, a fim de minimizar os custos e inovar no mercado.

 

14. Produção de alimentos: investimento em tecnologia para colher os frutos

A inovação é imprescindível, diferenciar-se dos demais implementando seu processo produtivo, com automatização de qualidade, ou apenas reorganizando, leva credibilidade e valorização dos serviços oferecidos.

Portanto, de uma forma geral, percebe-se que o principal propósito de uma empresa é produzir o máximo com o menor custo possível, ou seja, o objetivo principal é gerar lucro.

A empresa necessita de uma gestão que tenha conhecimento dos seus processos, extraindo desse ambiente as não conformidades, visualizando as tendências do mercado, minimizando dessa forma, os desperdícios das operações na produção de alimentos.

Este artigo sobre Produção de Alimentos foi escrito por Saymon Sousa.


Curso de Psicanálise