inteligência artificial

Inteligência Artificial: devemos ter medo?

Posted by

O assunto sobre Inteligência Artificial ainda gera dúvidas.

Devemos temer o futuro tecnológico?

 

Transformações no mundo

Imaginemos que ao longo da história a evolução cognitiva tem sido o grande trunfo da espécie humana em relação as demais espécies.


Curso de Constelação Familiar e Sistêmica

Dividimos a história do nosso planeta quando percebemos que a cognição é a grande mola impulsionadora da evolução em seu espectro mais amplo.

Se trouxermos para a discussão que o surgimento da vida em sociedade, o domínio do fogo, da agricultura e tantas outras coisas, fez com que nos tornássemos vetor determinador do nosso caminho até aqui.

O que foi construído

É fato que desde tempos remotíssimos até os dias atuais, variamos o volume de conhecimento construído.

Mas jamais paramos de gerar novos conhecimentos que impulsionaram gerações em busca de respostas dos mais variados questionamentos.



FORMAÇÃO COMPLETA EM PSICANÁLISE
Seja Psicanalista. Curso 100% Online. Habilita a Atuar. Teoria, Supervisão e Análise. SAIBA MAIS



Me questiono se é possível determinar onde chegaremos seguindo nossa rota natural evolutiva.

A resposta para este questionamento é de fato algo dificílimo de estabelecer minimamente uma linha a ser seguida.

 

 A Inteligência Artificial como ferramenta

Mas com um pouco mais de concretude nas nossas linhas de pensamento, sugeriria observarmos que a inteligência artificial pode ser uma poderosa ferramenta para compilarmos conhecimentos básicos.

Permitindo que possamos nos concentrar em pontos mais analíticos e sofisticados.

Em uma rápida leitura em literaturas técnicas do mundo da tecnologia da informação é notório que a cada dia o volume de dados gerados se multiplica exponencialmente.

E graças a nossa tecnologia atual somos capazes de armazenar, ordenar e analisar as informações contidas nesse turbilhão de situações ocorridas e que agora estão descritas em formato digital.


Curso de Formação em Reiki - banner

O comportamento humano

O comportamento humano era até pouco tempo atrás indecifrável quando em estado bruto e desconhecido.

A construção de uma mega base dados orientados a nos responder sobre tendências, motivos, causas podemos predizer os efeitos em escala do pode vir a ser no futuro.

Um único ponto observado não é capaz de determinar o universo de qualquer espécie de situação vivida.

Porém milhares de pontos continuamente agrupados, podem, sem sombra de dúvidas, nos revelar algo impossível de ser imaginado épocas atrás.

 

Sistemas baseados em Inteligência Artificial

Neste momento me questiono sobre um novo modelo de gestão de situações em que o poder de predição de sistemas baseados em inteligência artificial seria capaz de potencializar nossas decisões no dia a dia.

Sem querer fazer análise sem que haja comprovação cientifica para as afirmações, me permito fazer apenas observações de situações rotineiras.

Das quais muitas vezes fui testemunha ao longo de duas décadas e meia atuando em ambientes corporativos nos mais variados segmentos da atividade econômica humana.

 

A Inteligência Artificial com segurança

Entendo que as áreas tecnológicas absorvem de maneira mais fácil o conceito de artificialização da inteligência como base a tomada de decisão.

Entretanto, ressalto que é perfeitamente possível a introdução de processamentos de dados com foco na geração de informações seguras e normalizadas para a apoio a tomada de decisão em qualquer área do conhecimento humano.

 

Decisões e escolhas

É possível identificarmos ganhos relevantes em processos industriais, planejamento e projetos, desenvolvimento estruturado, decisões jurídicas, avaliações médicas, formação de equipes, capacitação humana entre tantas outras.

Volto a partir deste ponto a uma afirmação que faço de forma recorrente quanto se trata de assunto referente a interligação entre formas de agir.

Relacionado a decisão humana pura e a decisão baseada em dados estruturados em formato de informação para das suporte a decisão humana:

O ser humano tem uma habilidade incrível pra fazer excelentes escolhas e também para tomar péssimas decisões, sendo isso uma verdade que está no consciente popular e sabido por todos.

 

 Inteligência Artificial e comportamento humano

Me permito trazer à tona um novo olhar sobre como queremos conduzir daqui pra frente a nossa relação humana.

Sabendo que decisões podem ser potencializadas por inteligências artificiais como motor para tratamento cada vez mais de dados oriundos do próprio comportamento humano?

 

Os profissionais

No meu atual desafio profissional, como gestor da área de pessoas em uma empresa que tem a tecnologia solidificada em seu DNA.

Vejo a possibilidade de explorar o que foi discutido aqui como caminho alternativo.

Estimulando novas modulações de pontos de vistas em relação as possibilidades de condução de planejamento para construção de carreiras.

Bem como a construção de novos diálogos a cerca de objetivos profissionais, trilhas de desenvolvimento, estímulos ao engajamento das pessoas a missão corporativa.

 Inteligência Artificial na prática

Pois bem, em uma longa avaliação de mercado em busca de parceiros para construir pontes neste sentido.

Fiquei muito feliz por ter encontrado ótimos projetos em uso e com grandes possibilidades de evolução a médio e longo prazo.

Meus primeiros passos têm sido na direção de implantar a uma solução voltada para people analitycs que utilize exatamente a inteligência artificial como suporte as avaliações comportamentais.

Sugerindo caminhos a serem tomados pelos gestores envolvidos neste projeto como um todo.

Planejamento

Neste momento estou passando pela captura de dados para avaliação de aspectos que acho importante para servir como base no planejamento macro esperado para a área de gestão de pessoas.

Neste intuito, estou pontuando as ações de acordo com o planejamento estratégico corporativo.

Justamente para validar o valor esperado em termos de evolução na condução das equipes.

Observando seus pontos fortes e dedicando atenção especial para mitigação de desvios inesperados.

Aliado a essa estratégia, venho utilizando o balizamento das etapas com pesquisadores e profissionais de cada área envolvida na validação das ações tomadas e seus respectivos resultados obtidos até o momento neste primeiro ciclo.

A aplicação

Espero que ao final do primeiro ciclo de um ano, dos quais já percorremos a metade até a data da divulgação deste documento, tenhamos informação suficiente para apresentar resultados positivos sobre os pontos de vista discutidos aqui.

Os critérios utilizados neste pequeno estudo inicial foram levantados baseados em relatos de dificuldades recorrentes observadas anteriormente.

Oque gerou questionamentos sobre a eficiência das trilhas profissionais de cada membro, individualmente e em equipe.

Os resultados esperados são bastante ousados, em si tratando de um primeiro ciclo de aplicação deste conceito de inteligência artificial como motor de geração de informação para tomada de decisão baseado na leitura do comportamento humano em ambiente profissional.

 

As respostas pela Inteligência Artificial

Porém, entendo que os resultados já obtidos, mesmo que previamente, já sinaliza para a construção de resultado macro positivo no que tange o cerne desta pesquisa.

Na segunda metade deste experimento, já poderemos estruturar os resultados iniciais tabulados graficamente com base em predição estatística que possa nos dar respostas significativas validando a suspeita inicial sobre a eficiência deste método de união de princípios da tomada de decisão.

 

 

Esse texto sobre Inteligência Artificial: devemos ter medo? foi criado por Italo Lucena.


Curso de Psicanálise