Estado democrático: Como incentivador de inovação e talentos do futuro

Estado democrático aparece nos dias atuais como incentivador de inovação e talentos do futuro.

 

A humanidade em civilização

A história da humanidade e das sociedades é composta de várias fases desde mais primitivas até as de maior complexidade e para tecermos sobre um estado democrático é preciso desse breve relato sobre as sociedades.

Os primeiros relatos de sociedades civilizadas, quando começou a ser construídas as cidades, se deram por volta de 4.000 anos a.c na antiga Mesopotâmia que é considerada o berço da civilização.


Curso de Constelação Familiar e Sistêmica

 

As civilizações com o estado democrático

Já as civilizações democráticas começaram a surgir em cidades gregas no século V a.c principalmente em Atenas quando a população, apesar de uma parcela pequena, passou a ter direito a voto.

A democracia ateniense era uma inovação para época que contava apenas com sociedades de regimes autocráticos, balizadas pelas pirâmides sociais onde, o rei estava no topo e a maioria da sociedade se encontra na base da pirâmide.

A democracia ateniense não resistiu por muito tempo voltando a ser um regime autocrático.

 

A importância do estado democrático na sociedade moderna

Porém com o avanço da sociedade moderna, outras democracias surgiram e resistem até hoje apesar de ser várias vezes atacadas de forma desleal por seus governantes com o intuito de impor suas verdades e que elas virem lei.

Quando se fala em democracia, as pessoas pensam logo em política, eleição, partidos políticos, porém democracia vai muito além.

A democracia é uma inovação social e acontece de modo que a sociedade passa a ter força nas decisões tomadas pelo chefe da nação.

 



FORMAÇÃO COMPLETA EM PSICANÁLISE
Seja Psicanalista. Curso 100% Online. Habilita a Atuar. Teoria, Supervisão e Análise. SAIBA MAIS



Estado democrático e a inovação

Uma sociedade democrática tem o dever de apoiar e incentivar a inovação nas suas mais diversas faces.

Tendo em vista que para ela passar a ser democrática, precisou empreendedores inovadores para torná-las democráticas.

Ainda existe a lenda que a inovação tecnológica, uma das faces da inovação, irá tirar empregos da população no futuro devido à substituição de humanos por robôs.

Na realidade os robôs substituirão atividades onde os indivíduos não precisarão pensar para executá-la e sim de dados para pesquisar e realizar a atividade.

 

Inovação como chave para resolução de problemas

Um exemplo simples é o diagnóstico de problemas simples de saúde, onde o médico precisa apenas de um exame de sangue para diagnosticar a taxa alta de colesterol no sangue do paciente.


Curso de Formação em Reiki - banner

Por exemplo, na pratica o médico não precisou “pensar” para receitar o remédio.

Ele utilizou o banco de dados da sua memória referente os números contidos no exame de sangue do paciente para chegar à conclusão de que está com a taxa de colesterol alta.

Isso é facilmente resolvido por máquinas através de algoritmos que através de bancos de dados do computador chegará a mesma conclusão.

 

O estado democrático no Brasil

No Brasil ainda que se tenha uma democracia fraca e nova, tem-se apoiado a inovação com diversas iniciativas privadas e públicas.

Inovações de diferentes tipos como: processo, produto, disruptiva, incremental entre outras, são desenvolvidas por órgãos das mais diversas áreas.

E são descobertas dentro de programas apoiadas por essas iniciativas e ganham protagonismo tanto nacionalmente quanto internacionalmente.

 

O Brasil e a inovação

Um exemplo é a Associação Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII) que é uma organização social qualificada pelo poder público federal.

E apoia instituições de pesquisa tecnológica fomentando a inovação no Brasil.

Ela financia projetos em diversas áreas da inovação desenvolvidos numa parceria entre Instituições de Ciência e Tecnologia (ICT) e empresas.

No financiamento do projeto a EMBRAPII fica responsável por até 1/3 dos recursos e os outros 2/3 é de responsabilidade das ICT’s e empresas.

 

O empreendedorismo e a inovação

Essa ação vem ajudando vários empreendedores a dar prosseguimentos em seus projetos inovadores e alavancando financeiramente suas empresas.

Os projetos financiados podem ser de empresas já consolidadas no mercado ou até de empresas que estão iniciando suas atividades como as denominadas startups.

Basta terem um projeto convincente e aprovado pelas ICT’s.

 

As startups

As startups vem ganhando força e espaço no Brasil com soluções rápidas e práticas de problemas do cotidiano dos brasileiros através da tecnologia.

A criação de plataformas web e aplicativos por empresas startups cresceram rapidamente nos últimos anos no Brasil.

E movimenta um mercado milionário que emprega e gera renda para milhões de pessoas direta ou indiretamente.

 

O caso Nubank

Um exemplo é a Nubank, empresa do ramo financeiro, que mudou a forma dos brasileiros de ver serviços bancários.

Ela disponibiliza várias alternativas que os bancos convencionais oferecem, porém tudo online e sem custos para os clientes.

Além da EMBRAPII existem outras iniciativas do governo para incentivos dessas empresas iniciantes, como o programa Startup Brasil.

 

O papel do governo no estado democrático

Uma iniciativa do governo federal através do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) para incentivar o mercado de inovações no Brasil.

O programa funciona por edições onde são escolhidas aceleradoras de startups, lugares onde as empresas são desenvolvidas.

Incentivando as inovações

E startups já com algum projeto avançado e que precisem mais especialização e investidores.

No programa as startups contam com mentorias geralmente de empresários capacitados e reconhecidos no mercado e que podem ser futuros investidores dos seus modelos de negócios.

Além de poderem conseguir bolsas de PD&I para os funcionários das startups de até duzentos mil reais.

 

O caso Itaú

Empresas privadas como o Itaú também incentivam o empreendedorismo no Brasil.

Através do programa Cubo que tem como objetivo conectar empreendedores, empresas, investidores e universidades para discutir novas tecnologias, inovações, novos modelos de negócios, novas formas de trabalhar e como desafiar o status quo.

Visando um mundo melhor e assim contribuir para o ecossistema de startups e inovações do país.

 

O desenvolvimento do estado democrático

Como se pode notar o Brasil caminha para o desenvolvimento da sua sociedade democrática e o mais importante com iniciativas para o desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação com ações afirmativas.

Uma democracia forte é sinônimo de país robusto com uma economia sustentável e com bases sociais compactas.

A população deve exercer seu papel na sociedade e cobrar de seus governadores a manutenção e ampliação dessas iniciativas tão importantes para o desenvolvimento das tecnologias brasileiras.

 

A solução para o estado democrático no contexto atual

Os empreendedores devem se manter firmes e fortalecidos para o desenvolvimento de suas empresas e da sociedade brasileira.

Os governadores devem ter em mente que uma sociedade desenvolvida depende de cidadãos e empresas desenvolvidas e isso passa pela inovação, criação de processos, produtos e pensamentos novos que ultrapasse a lógica, o provável, o descoberto.

Isso deve ser regra para qualquer país que queira e pretenda ser democrático.

 

 

Esse texto sobre Estado democrático: Como incentivador de inovação e talentos do futuro foi criado por Thiago Ribeiro.


Curso de Psicanálise

Deixe seu Comentário Abaixo :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 3 =