Agricultura familiar e sua importância

A agricultura familiar, vem se destacando ao longo de um período.

Passando da compreensão de uma agricultura de subsistência para se estabelecer como uma das formas de atividades mais produtivas do país.

Não só pela questão de colaborar com a subsistência, mas pela forma que vem se destacando pela produção de alimentos sem agrotóxicos.

 


Curso de Constelação Familiar e Sistêmica

A diferença entre agricultura familiar e de subsistência

Faz-se necessário distinguir duas terminologias referentes a esse contexto de agricultura familiar que muitos autores as utilizam em um mesmo sentido.

Que é a agricultura de subsistência e a agricultura familiar.

 

Agricultura de subsistência

Percebe-se que a agricultura de subsistência está ligada ao que o próprio nome que já o indica, como subsistência, ou seja, sobrevivência das pessoas de um grupo familiar.

 

Agricultura familiar

Já a agricultura familiar está ligada aos traços de uma agricultura voltada para um núcleo familiar quanto a introdução de seus produtos no mercado.

Que produzem alimentos em espaços muito pequenos crê-se que estes sejam menores que dois hectares de terra.

 

Incentivos do governo

Desta forma, é importante destacar que os incentivos governamentais sempre estiveram voltados para a produção agrícola de grande porte.



FORMAÇÃO COMPLETA EM PSICANÁLISE
Seja Psicanalista. Curso 100% Online. Habilita a Atuar. Teoria, Supervisão e Análise. SAIBA MAIS



E isso foi um tanto negativo para a agricultura familiar.

Que só a partir dos anos 90 este cenário começa a tomar um outro rumo.

 

O PRONAF

Com a criação do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar – PRONAF, foi possível dar um novo aspecto as reivindicações antigas dos trabalhadores rurais.

Neste aspecto destaca-se os movimentos sociais principalmente os da área rural que por meio de suas organizações lutaram e desenvolveram um papel fundamental na implantação do programa.

Uma luta histórica. Pois os trabalhadores rurais tinham ao seu acesso um programa com diversos serviços oferecidos pelo sistema financeiro, que até então era negado aos agricultores familiares.


Curso de Formação em Reiki - banner

 

A pluralidade do agronegócio

Sendo assim, ao abordar a expansão e a pluralidade da agricultura de modo familiar, essa passa a ter papel importante na economia do país.

Essa é uma constatação que vem crescendo ao longo dos tempos.

 

Ministério do Desenvolvimento Agrário

Talvez por esse motivo que o Ministério do Desenvolvimento Agrário, o principal apoiador desse modelo de agricultura buscou seu fortalecimento através do PRONAF.

O qual permite que agricultores familiares acessem linhas de crédito, para movimentar as suas produções e as tornarem mais competitiva no mercado.

Reforça-se aqui a ideia de mercado também ligado aos âmbitos familiares como as feiras locais e regionais.

 

Agricultura familiar e a produção de alimentos

A partir destas constatações na perspectiva da agricultura familiar, reconhece-se que a produção de alimentos em média ligadas as grandes propriedades rurais são muito baixas.

Assim, Mello, (1988, p. 42) afirma que “os pequenos agricultores são exatamente aqueles que produzem a maior parte dos nossos alimentos”.

Lembrando que a inserção destes produtos está sendo colocados no mercado interno, por meio dos mercados local e regional, como já abordado anteriormente.

 

A porta para a sustentabilidade

Compreende-se que este fato, vem demonstrar a importância da agricultura familiar na produção de alimentos básicos.

Dando sustentabilidade a para a segurança alimentar das famílias.

Além de estar contribuindo com a sustentabilidade dos cidadãos, proporciona a permanência das famílias no campo.

Possibilitando que estas continuem trabalhando as terras de suas pequenas propriedades.

 

O fim da fome

Desta forma, trazer a discussão acerca da agricultura familiar e também discutir aspectos ligados a erradicação da fome.

A agricultura familiar é a responsável pela geração de alguns dos mais importantes princípios do conceito de segurança alimentar e nutricional.

E talvez por isso que em diversas regiões esse tipo de alimentação está ligada a oferta da merenda escolar, proporcionando uma alimentação mais saudáveis aos estudantes.

 

A alimentação sustentável

De acordo com o setor de produção do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra – MST a maior parte da alimentação que chega à mesa das famílias brasileiras vem dos pequenos agricultores.

Esse é um fato que precisa ser reconhecido e divulgado, para que a população do país tenha noção de quais bandeiras defender para ter acesso a uma alimentação saudável.

 

O que diz a Organização das Nações Unidas

Ainda aborda que Segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), os agricultores familiares são responsáveis pela produção de mais de 80% de toda a comida do planeta.

No Brasil, 70% dos alimentos que chegam à mesa tem origem no trabalho de produtores rurais.

 

Agricultura familiar e práticas sociais

Não há dúvidas da importância da agricultura familiar nos arranjos de produção para a sustentabilidade das famílias.

Bem como envolvendo as práticas sociais.

Neste sentido pode-se destacar a harmonia entre a terra que retribui com seus frutos bem como, a preservação dos costumes e hábitos alimentares familiares.

 

O fortalecimento da agricultura familiar

Fortalecer esse setor de produção pode gerar efetivamente uma das principais estratégias de efetivação de uma política de segurança alimentar no Brasil.

Não menosprezando a produção agrícola de grande porte, mas incentivando esse tipo de produção voltadas aos trabalhadores rurais que, permanecem no campo cultivando produtos para produção de alimentos.

 

Os alimentos orgânicos

Outro aspecto interessante da agricultura familiar, está ligado a questão de geração de alimentos orgânicos, sem uso de agrotóxicos.

Este modelo de agricultura familiar contrapõe-se ao modelo de produção agrícola e vem conseguindo atrair novos adeptos quando se trata de produção sem uso de agrotóxicos.

Esse tipo de agricultura, propõe-se a produzir alimentos saudáveis, ligados aos fundamentos da sustentabilidade e com isso minimizando os impactos nos ecossistemas.

 

A produção de alimentos orgânicos no Brasil

Nesta perspectiva, o Movimento dos Trabalhadores sem Terra destaca-se que os agricultores familiares e assentados da reforma agrária são dois grupos principais pelo aumento da produção de alimentos orgânicos no Brasil.

E que este arranjo produtivo vem crescendo consideravelmente e que está aos poucos se constituindo como um dos aspectos saudáveis da alimentação.

Sabe-se dos benefícios que este tipo de alimentação proporciona a qualidade de vida e saúde de seus consumidores, porém, estabarra-se no valor desses produtos impedindo que mais pessoas acesse esse tipo de alimentação.

 

Uma nova visão

Enfim, tratar da agricultura familiar nos traz uma visão diferente.

Que nos proporciona constatar que as grandes empresas do setor alimentícios estão extremamente ligadas a produção em grande escala e preocupadas com a exportação de alimentos.

 

O crescimento social

Enquanto a agricultura familiar destaca-se valorizando o crescimento social e econômico a partir de suas pequenas propriedades.

Sem necessidade de grandes quantidades de terras para produzir.

Existindo um aproveitamento do espaço físico, utilizando de criatividade e vencendo desafios para que se possa produzir alimentos de qualidade.

Além de valorizar os aspectos familiares como a própria gestão de seus produtos por membros da família, se caracterizando um negócio familiar.

 

A agricultura familiar resiste

Desta forma, a sobrevivência da agricultura familiar se deu de forma teimosa buscando valorizar suas produções e diversificando a suas produções.

Não se pode negar que essa luta vem também para colaborar com a permanência das pessoas no campo, sem contribuir para o êxito rural e inchaço das grandes cidades.

Assim, continuarão lutando em vista de melhores condições econômicas e socioambientais, para a produção de alimentos na busca de um mundo melhor, possível e com saúde.

 

 

Esse texto sobre Agricultura familiar e sua importância foi criado por Vilma de Almeida.


Curso de Psicanálise

Deixe seu Comentário Abaixo :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 5 =