Como as academias estão se reinventando durante a pandemia, dentro do contexto da pandemia e das novas formas do mundo digital?

A pandemia do novo coronavírus trouxe grandes restrições para o funcionamento das academias. Até hoje não é possível utilizar esses espaços de forma normal.

Para enfrentar esses desafios e manter a sobrevivência do negócio, as academias precisaram se reinventar. Propondo novas ideias e novas maneiras de se exercitar.

Confira a seguir as sete principais tendências desse novo formato de academia no período de pandemia:


Curso de Constelação Familiar e Sistêmica

1- Treinos gratuitos para todos

O número de lives e vídeos divulgados nas redes sociais das academias vem crescendo muito. Essa é uma forma de divulgar intensamente o espaço, mantendo o relacionamento com alunos e buscando ainda mais clientes.

Esse formato de fornecer treinos on-line para todos é uma excelente forma de reinvenção. Mostra que a academia se preocupa com a saúde de todos e abre portas para concretizar a segunda tendência: treinos exclusivos e personalizados.

2- Treinos virtuais para clientes

Muitos dos frequentadores de academias se interessam em manter sua rotina de atividade física durante a pandemia. Então, a estratégia que está sendo utilizada é o fornecimento de planos de treinos on-line personalizados conforme a necessidade de cada um.

Esse formato se assemelha com o trabalho normal já feito nas academias. O professor faz um treino pensado para o cliente e fornece as aulas – preferencialmente através de vídeos.



FORMAÇÃO COMPLETA EM PSICANÁLISE
Seja Psicanalista. Curso 100% Online. Habilita a Atuar. Teoria, Supervisão e Análise. SAIBA MAIS



Assim, o aluno tem exercícios específicos para seguir com sua rotina. A única coisa que precisa ser pensada é em treinos possíveis para serem feitos dentro de casa, é claro!

3- Aluguel de equipamentos

Para os alunos fiéis que já aderiram a rotina de treinos virtuais que falamos anteriormente, as academias estão possibilitando o aluguel de equipamentos. Isso traz mais qualidade para o treino do aluno e possibilita o aumento do faturamento da academia.

Os aluguéis vão desde equipamentos pequenos (como halteres) até grandes estruturas (como esteiras). Prestar serviços diferenciados está sendo essencial para a sobrevivência durante o isolamento social.

4- Venda de pacotes futuros

Essa estratégia está funcionando para salvar academias que precisam de retorno financeiro imediato. Trata-se de comercializar, por um valor menor que o normal, planos que o cliente usará quando for possível (depois da pandemia).

Funciona como uma promoção e pode ser muito útil para conseguir pagar as contas em dia. Entretanto, é preciso ter um pouco de cautela porque o momento em que será permitido reabrir as academias pode não coincidir com o momento que o cliente se sente seguro em voltar/começar a treinar.

5- Venda de suplementos

Para as academias que não trabalhavam com o comércio de suplementos alimentares, fornecer um novo produto é uma boa estratégia de reinvenção. Assim, entrará mais dinheiro no negócio e surgirão novas possibilidades para os clientes.

Trabalhar com um comércio que o cliente não precise comprar presencialmente, que tenha disponibilidade de entrega em casa, é uma aposta perfeita para tempos de pandemia.


Curso de Formação em Reiki - banner

Para as academias que já trabalhavam com a venda de suplementos, está acontecendo uma adaptação, o fornecimento de suplementos em promoção, para aumentar as vendas com a possibilidade de os clientes receberem tudo em casa.

6- Formação de parcerias

Outra maneira de continuar prestando um serviço ao cliente das academias durante a pandemia é através de formação de parcerias. Parcerias com outros serviços que estão podendo funcionar de melhor forma durante a pandemia.

Exemplos como nutricionistas, lojas de suplementos, lojas de roupas próprias para atividade física, lojas de equipamentos, etc. O investimento visa conseguir manter o contato com o cliente.

Nessa estratégia, a academia pode vender seu serviço através de pacotes que unam tudo. Por exemplo, uma consulta com nutricionista mais 2 meses de treino virtual ou 1 pote de suplemento mais 2 meses de treinos presencial quando for possível. São muitos pacotes que podem ser úteis nesse momento.

7- Trabalho do relacionamento com alunos e potenciais alunos

Parte das estratégias utilizadas pelas academias durante o isolamento social é garantir que, quando tudo voltar ao normal, o negócio alavanque. Sobreviver à crise está sendo tão importante quanto garantir que depois seja possível recuperar tudo o que foi perdido.

Para concretizar isso, as academias estão focadas em manter o relacionamento com antigos clientes e buscar ainda mais pessoas. Para isso, estão sendo utilizadas as redes sociais fornecendo conteúdos relevantes.

As apostas são em e-books, artigos, vídeos, cursos, etc. A ideia é trazer conteúdo sobre atividade física e tudo o que rodeia essa área, para que o aluno se mantenha informado e consiga continuar em um rotina ativa. Garantindo o interesse em retornar para a academia.

Essas são as principais tendências de reinvenção das academias durante a pandemia. O foco está sendo em prestar novos serviços e abusar dos recursos tecnológicos.

O mais importante tem que ser a garantia da saúde dos alunos e funcionários. Com isso garantido, é preciso utilizar a criatividade para salvar as academias e manter a tendência de uma sociedade saudável com qualidade de vida.

Este artigo sobre como as academias estão se reinventando foi escrito por Lucas W. Pelisari, escritor, formado em investigação forense e perícia criminal. Atua no marketing digital e procura sempre trazer conteúdos que colaboram com o aprendizado de gestores e empreendedores em geral.


Curso de Psicanálise