poupança

3 Fatos Sobre a Poupança (não ignore o #3)

Posted by

Estamos aqui para falar sobre o  que talvez seja um dos conteúdos mais relevantes que escreverei.

Ele fará parte de uma das formas de acumular patrimônio e ao mesmo tempo um das mais utilizadas pela população.

E pior…..

Talvez você nunca tenha pensado nisso.


Curso de Constelação Familiar e Sistêmica

Talvez você já tenha mas não deu importância.

Talvez você tenha dado importância mas ficou com preguiça de botar a mão na massa.

Falo hoje da POUPANÇA.

Não poderia deixar de falar dela sem contar alguns fatos que precisam ser mencionados de antemão.



FORMAÇÃO COMPLETA EM PSICANÁLISE
Seja Psicanalista. Curso 100% Online. Habilita a Atuar. Teoria, Supervisão e Análise. SAIBA MAIS



FATO #1: POUPANÇA NÃO É INVESTIMENTO

Já começei com um fato bem desconfortável, não é?

Imagino a sua reação agora.

“Poupança não é investimento?! É um absurdo!”

ou então….

“Esse cara não sabe o que está falando. Vou sair daqui”

Calma!

Explico…..


Curso de Formação em Reiki - banner

Ao contrário do que muitos imaginam, a poupança não tem como característica a de investimento pois o que se obtém é muito pouco (a não ser que você tenha milhões na conta e , se fosse o caso, não estaria aqui no meu blog, certo?).

O termo correto de “investimento” mais apropriado a se falar seria a CADERNETA DE POUPANÇA. Entretando é pura retórica, ou seja, é uma forma bonitinha de falar a mesma coisa.

A sua função é……POUPAR.

Eu sei. Simples demais!!

Decepcionado?

Frustrado?

Desiludido por achar que falaria algo diferente?

Pois é.

A sua única funcionalidade é auto-explicativa. Seria para guardarmos dinheiro para que possamos fazer algo de melhor com ela no futuro.

Você poderia pensar: ” É melhor deixar lá do que guardar no colchão da minha casa!”

Concordo!

Preferível essa abordagem pois deixa claro alguuns fatos tais como:

  • Você evita de gastar o que você recebe, ou pelo menos minimiza.
  • Você pensará no que fazer quando juntar uma quantia maior.
As pessoas tendem a querer parecer complexas para passar a impressão de que são brilhantes, mas se você não é capaz de explicar algo de forma simples, provavelmente você não entendeu nada”. (Morgan Housel)
Infelizmente tudo que é bom tem seu lado ruim.

FATO #2: A POUPANÇA SERÁ INFLUENCIADA PELO PODER CORROSIVO DA INFLAÇÃO

Apresento-lhes meu “amigo”: A INFLAÇÃO.

Deve estar pensando sobre o que significa.

Vou falar sobre ele em um post mais completo mas o que posso devo dele é o seguinte.

A INFLAÇÃO MEDE O PODER DE COMPRA DO SEU DINHEIRO.

” Como assim?”, você pensa.

Deixo uma imagem que resume a situação.

Poupança-carrinho

A inflação já deixou sua marca na história brasileira quando houve o período de hiperinflação.

Imagina o seguinte cenário para aqueles que não viveram aquela época.

Os preços dos produtos do mercado aumentam A CADA DIA.

Isso mesmo que você leu.

Vou repetir…..

A CADA DIA!!!!

Alguém poderia dizer…

“Se aumentam a cada dia, eu compraria cada vez menos coisas”.

EXATAMENTE!!

Cada vez que a inflação sobe, seu poder de comprar reduz-se.

Por isso há uma  grande preocupação com a inflação, não só pelos seus efeitos já causados há muitos anos atrás como ele pode influênciar a sua vida.

É terrível saber se vai conseguir comprar algum bem necessário por um preço maior, todo santo dia.

As pessoas não precisam saber o conceito técnico do termo mas sabem o que acarreta para cada um deles.

Enquanto o valor da inflação for maior do que o rendimento da poupança, com o tempo o seu valor diminui.

Explico…

Cem reais há 10 anos atrás continuam com o mesmo valor de 100 reais hoje, nominalmente falando. Entretando o que você pode comprar com ele não.

Segue a tabela abaixo (fonte Canal do Otário).

Poupança-perda

Triste, não é?

Uma imagem vale mais do que mil palavras. Bem, acho que daqui a alguns anos uma imagem pode valer menos do que isso.

“Mas se a poupança não é investimento e, além disso, eu perco valor com o passar do tempo, por que diabos eu deixaria lá?”

Essa dúvida é bem compreensível até, dados os fatos acima. Mas garanto que o fato # 3 vai fazer mudar de idéia a respeito dela, mesmo que seja um pouquinho.

FATO #3: POUPANÇA COMO RESERVA DE EMERGÊNCIA

“Seja seguro, mantenha os custos em baixo nível e não pense demais.” (Seth Jason)

Dentre todos o fatos citados acima, creio que esta seria a melhor para mantê-lo lá mesmo que seja uma parte enquanto pensa em oportunidades melhores:

DEIXE-O COMO RESERVA DE EMERGÊNCIA.

Reserva de emergência seria uma forma de cobrir algum tipo de gasto ou evetual despesa em caso de emerência e que não tenha como ser feito em outro tipo de modalidade de investimento.

Nunca se sabe o dia de amanhã e a qualquer hora do dia poderá ser necessário fazer uma retirada. Pode ser usado também para algum tipo de gasto voltado para lazer (p ex. viagens) ou alguma compra supérflua.

Se você estiver iniciando a sua jornada de trabalho ou, ainda, não começou a trabalhar e está ganhando alguma forma de mesada enquanto jovem, creio que a poupança é uma ótima forma de começar a juntar.

É como no ditado popular:

” De grão em grão a galinha enche o papo. (Autor desconhecido)”

Antes de pensar em investir, devemos construir nossa base que servirá de grande valia para a conquista da liberdade financeira.

Seria como montar uma casa.

Você pode utilizar o material da melhor qualidade, contratando os mais capacitados profissionais da área e fazer dela a mais perfeita casa do bairro.

MAS SEM UMA BASE APROPRIADA, ELA IRÁ RUIR SE OCORRER ALGUM DESASTRE QUE SEJA.

Até por que não podemos controlar eventos externos como macroeconomia, governo, política nacional e mundial, inflação e catástrofes naturais.

Então ao invés de nos preocuparmos com tais eventos.

Vamos buscar fazer o que está ao nosso controle.

Ela começa com dois passos simples mas não tão simples assim.

TRABALHAR E POUPAR.

Poupar também significa fazer uma reflexão do que realmente queremos na vida.

Por exemplo, se você já pensa em querer o melhor investimento mas ainda vive de mesada ou ganha-se muito pouco com seu trabalho, acredito que ainda não seja melhor pensar em investir.

CONCLUINDO

Chegamos ao final do texto. Passamos pelos seguintes pontos:

  1. A poupança de forma geral;
  2.  3 fatos da poupança;
  3. O papel dela como base para a construção de um futuro melhor;

Espero que esse post sirva de informativo para que cada um tome suas próprias decisões. Não posso dizer o perfil de todos mas se eu tiver facilitado a compreensão em pelo menos 1 % já estarei por satisfeito.

Falarei no no próximo post sobre trabalhar.

O QUE VAI FAZER AGORA?

VAI CONTINUAR PARADO?

OU

VAI MUDAR O RUMO DE SUA VIDA?

Além disso deixo a pergunta:

Faltou alguma coisa? Tem certeza que não faltou nada?

Aproveite e deixe seu comentário dizendo se gostou e inscreva-se no meu blog para receber conteúdos atualizados.

Um abraço a todos.

(Também publicado no Blog. Clique aqui!)

assinatura


Curso de Psicanálise