Uma alternativa para se obter feedback

No artigo anterior, falei sobre a importância de se exercer o feedback contínuo para que haja a possibilidade de se obter um desempenho efetivo. Trago esse assunto novamente através de um exemplo prático que ocorreu em meu perfil de usuário do LinkedIn, onde publico, os textos que escrevo para o N&C, para o administradores.com e, eventualmente, para o meu blog. Pois bem, em alguns desses posts obtive o feedback dos leitores que comentaram suas percepções sobre os temas abordados.

A primeira vista, parece algo óbvio, trivial. Afinal, nada mais comum do que o leitor expressar sua reação após a leitura de um determinado texto, em especial, quando ele lê sobre assuntos que despertam seus interesses. Entretanto, as formas mais comuns das pessoas expressarem suas reações parecem incorrer em “curtidas” e “compartilhamentos“. Não que essas “formas reacionais” não sejam válidas, longe disso. Mas essas são formas muito limitantes para que o autor possa se guiar no sentido de medir seu próprio desempenho.

Então, qual a forma alternativa de “reagir” quando lemos sobre algo? “Curtir” e “compartilhar” não servem mais? Nada disso. Todas as formas de reagir ao texto são válidas dentro do senso de responsabilidade e da ética. Mas do ponto de vista do autor – responsável e comprometido – o “comentário” serve de excelente parâmetro para que ele possa receber um feedback que sirva como instrumento para o atingimento de desempenho, ou seja, através das reações expressadas “verbalmente” pelos seus leitores – independentemente de serem positivas ou negativas – o autor tem a possibilidade de identificar, medir e corrigir pontos onde pode melhorar o seu próprio trabalho.

E acredito que isto valha para qualquer espécie de autor, inclusive para os especuladores. Entretanto, o feedback só serve de ferramenta para o desempenho efetivo para àqueles que são comprometidos, responsáveis e éticos em suas atividades, ou seja, que demonstram inclinação à melhoria contínua e convenção com o desempenho efetivo, ético e sustentável. Diante dos “títulos textuais de alto impacto” que verificamos nas publicações diárias de websites, blogs, jornais, redes sociais, o ato de comentar é ainda mais importante para, na maioria dos casos, indicar ao autor a correção de possíveis desvios ou mesmo para expressar nosso ponto de vista.



Curso de Constelação Familiar e Sistêmica

Portanto, o comentário é uma excelente alternativa. No meu caso, não poderia ter sido melhor, pois tive a oportunidade de identificar alguns pontos onde poderia atingir um desempenho ainda maior. E uma coisa que faço, sempre, é responder ao comentário de forma amistosa e respeitosa, incentivando as críticas e as sugestões. Por enquanto venho conseguindo responder de forma individual a cada comentário e tenho recebido muitos elogios de pessoas muito mais “calibradas” do que eu, motivo pelo qual me orgulho. Mas tenho ciência de que escrever, como qualquer outra atividade, exige trabalho duro, responsabilidade, compromisso e ética.


Curso de Psicanálise

Deixe seu Comentário Abaixo :)

Diego Felipe Borges de Amorim

Bacharel em Administração - Faculdade Equipe (FAE - Sapucaia do Sul RS). Especialista em Gestão de Negócios - Universidade Luterana do Brasil (ULBRA - Canoas RS), Consultoria e Planejamento Empresarial pela Universidade Candido Mendes (UCAM). Pós graduando em Planejamento Empresarial e Finanças pela Faculdade Venda Nova do Imigrante (FAVENI). Atualmente é técnico administrativo da Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS). Colunista da Revista N&C e do portal Administradores.com. Profissional com experiência na iniciativa pública e privada. Acredita no poder das novas tecnologias para o avanço do conhecimento e na ruptura da forma tradicional de aprendizagem. Também acredita no poder das tecnologias livres para maior liberdade, inclusão e progresso humanos e na extrema importância da disseminação do conhecimento através de plataformas de ensino livres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + quatro =