O que faz um Relações Públicas? Saiba tudo sobre esta profissão

A comunicação dentro e fora da empresa é o que define se a mesma fracassará ou não. Por isso que ter um agente especializado nesse tipo de comunicação costuma facilitar a interação com todos. Vamos entender melhor o que um relações públicas é e o que pode fazer por nós.

O que é relações públicas?

Relações públicas se trata de um modelo comunicativo estratégico para trabalhar relacionamentos que gerem benefício mútuo entre empresa e público. Ou seja, se trata de um canal de comunicação que visa facilitar a comunicação de uma entidade com as pessoas pela mídia. É por este trabalho que informações internas são entregues.

Esse tipo de trabalho possibilita organizar as trocas entre organizações e os consumidores. Dessa forma, há como gerir uma rede que os beneficie mutuamente. O benefício às empresas se dá por meio da divulgação de sua mensagem quanto ao ambiente externo. Assim, dá para construir uma percepção positiva a respeito da marca.

Quanto ao público, esse conseguem olhar mais de perto a como todo processo interno se dá. Isso acaba por gerar mais transparência, de modo que se sintam mais confiantes quanto aos serviços da empresa. Ademais, podem cobrá-las a respeito de determinadas ações e/ou serviços aquém do esperado, bem como soluções.



Curso de Constelação Familiar e Sistêmica

O que faz o profissional nesta área?

Uma das principais atividades das relações públicas é analisar a entidade e fincar estratégias para melhorar sua imagem. Isso se dá por meio da otimização da mensagem transmitida pela organização, de forma que impacte positivamente no público. É fazer a gestão da comunicação e lapidar as ações ao meio externo em cada setor.

Por isso, uma reformulação possa ser necessária, de modo a:

Criar

Às vezes, o público não se identifica com uma organização porque não entende a mensagem dela. A partir disso, o relações públicas, ou RP, se encarrega de traduzir e materializar uma forma que eles compreendam. Esse esforço resulta na conversão a novos clientes, de modo que estes diretamente façam a propagação desse trabalho.

Proteger

Ainda que incômodo, é bastante comum uma organização sofrer com ataques dos mais variados tipos. Sendo verdadeiros ou não, o RP deve intervir para contornar a situação e evitar escândalos. Caso o contrário, isso pode resultar em grandes prejuízos morais e financeiros a uma empresa.

Manter

Feito os dois itens acima, agora é hora de dar longa vida a um legado. O RP trabalha continuamente para que o público não se esqueça da boa imagem de uma empresa. Dessa forma, a comunicação vai sendo lapidada para que qualquer ponto de interesse fique bem esclarecido.

Por isso que muitas entidades acabam entrando na cultura popular e fazendo com que o público faça associações instantâneas.

Funções

Ainda que possa parecer com folga de algum modo, ser um relações públicas não é tarefa fácil. O mesmo necessita de precisão sempre que for executar um trabalho direcionado ao público externo. Qualquer má interpretação de palavras ou gestos pode implicar em retaliações sociais. Por isso ele se encarrega cuidadosamente de:

Criar um plano de comunicação organizacional

Não é apenas subir em um palco e discursar para dezenas de jornalistas, nada disso. É preciso se pensar nos meios necessários para atingir os objetivos de reação esperados. Caso queira defender a empresa de acusações, por exemplo, precisa fazer com que o público se questione a respeito.

Organizar eventos e pesquisas

Assim como a organização transmite, ela também abre suas portas para que o público entre. Os eventos organizados pelo RP visam estabelecer parcerias e reafirmar ações e acordos. Ademais, também serve para que se pesquise a tendência atual no mercado para posterior adaptação. Entender o consumidor faz com que a marca evolua em prol dele.



FORMAÇÃO COMPLETA EM PSICANÁLISE
Seja Psicanalista. Curso 100% Online. Habilita a Atuar. Teoria, Supervisão e Análise. SAIBA MAIS



Fazer press releases

Press releases são, em tradução, são comunicados externos direcionados à impressa. Por meio deles, todos sabem acerca das atividades que uma organização está produzindo. Isto vai desde um comunicado simples, anúncios, lançamentos e até reações contra acusações. É preciso ser bastante cauteloso na criação deste objeto.

As críticas e crises

Como dito linhas acima, é bastante comum que uma organização sofra ataques de alguma forma. Caso isso não seja visto, pode acabar resultando na degradação do aspecto positivo mantido pelo público. Isso resulta em perda de apoiadores, investidores e, claro, dos consumidores finais. Com o tempo, a crise pode levar uma empresa à falência.

Por isso que é tão importante que o relações públicas seja tão resiliente. O mesmo precisa contornar toda a turbulência envolvendo o nome da empresa à qual presta serviços. Por vezes, pode ser um trabalho bem ardoroso, de modo que um cerco se feche ao redor dele. A desenvoltura nessas situações é que determina a garra do profissional.

Entretanto, é preciso ter em mente que ele está defendendo um ideal, ainda que seja de outra pessoa. A organização mantém o profissional porque acredita no potencial dele para contornar diversas situações incômodas ou não. O controle de danos visa evitar que tudo reverbere de forma negativa futuramente.

Público

O relações públicas deve ser capaz de fazer com que a empresa construa bons relacionamentos. Isso não atinge apenas um público, de modo que ela seja unilateral. Além da parte externa, os seus consumidores, ela precisa olhar a outros campos. A relação com o público de fora é trabalhada em simultaneidade com outros dois.

O primeiro é o público interno, ou seja, os próprios colaboradores. Os mesmos necessitam saber como seus esforços têm impactado dentro do ambiente laboral. Por meio do RP, é possível construir um Networking onde funcionários e gestores saem ganhando com a troca de experiências.

Por último, vem a mídia, canal de comunicação entre a empresa e o público. As pessoas que representam esse setor devem ser atendidas regularmente pelo próprio bem da empresa. Mantendo sua imagem aberta constantemente através da mídia, uma instituição pode ficar assegurada de suas projeções sociais.

Considerações finais sobre o papel do Relações Públicas

Uma empresa sem a comunicação adequada criada pelo relações públicas não tem voz, literalmente. Não se trata apenas de se comunicar, mas de como fazer isso de forma adequada. Os conhecimentos sobre comunicação, unidos com a estratégia, possibilitam fazer a tomada de decisões mais sábias.

Dessa forma, a gestão interna e externa da empresa fica mais equilibrada. Além disso, formulando adequadamente os recursos que carrega, é possível otimizar a relação com possíveis apoiadores. Uma mensagem esclarecida e bem estrutura abre infinitas portas ao crescimento.

Caso o artigo tenha lhe ajudado e queira saber mais sobre o papel do Relações Públicas, deixe um comentário abaixo. O blog Negócios & Carreiras atua de forma contínua na jornada de diversos empreendedores em sua escalada de sucesso. Nós queremos fazer parte da jornada de seu crescimento, então continue acompanhando os próximos textos para que possamos ajudá-lo!


Curso de Psicanálise

Deixe seu Comentário Abaixo :)

Redação N&C

O Negócios & Carreiras é uma revista eletrônica com conteúdo de qualidade e atualizado, para desenvolvimento de pessoas e empresas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × cinco =