Oratória para vendedores em 16 truques

Quais as qualidades de um orador convincente? Quais técnicas de oratória para vendedores de alta performance, para se comunicar com clientes, durante as vendas?

Um bom orador não é só aquela pessoa que precisa falar para milhares de pessoas ao mesmo tempo, em frente a um microfone. A boa oratória para vendedores demanda que o profissional de vendas saiba desenvolver bem as frases, ter carisma e prender a atenção de quem está ouvindo são atitudes que bons vendedores também devem adotar diariamente em seu trabalho.

Ao usar técnicas de oratória para vendas, o profissional causa uma ótima impressão sobre o público, seja ele formado por várias pessoas ou, como é mais comum na negociação em vendas, somente uma pessoa. Afinal, ninguém vai ter vontade de prestar atenção ao que diz alguém que fala muito baixo, muito rápido, que tenha uma má dicção ou para quem falte clareza.

A oratória para vendedores é um conjunto de técnica que o vendedor precisa encarar de uma forma mais pessoal ou profissional, de médio e longo prazo. Como qualquer tarefa necessitará de paciência e treino para chegar a excelência. No entanto, por meio das dicas deste artigo um resultado rápido já poderá ser sentido, pelo menos quanto aos caminhos que o vendedor perceberá que deverá trilhar.

Evite fatores como nervosismo, ansiedade, medo e timidez. Até certo ponto, eles são naturais do ser humano, mas, na medida em que você estiver mais treinado em técnicas de oratória e comunicação e na medida em que se sentir mais conhecedor do seu produto e do seu mercado, sua desenvoltura como vendedor será muito melhor. Evite o excesso de confiança: muitos vendedores acreditam que comunicam bem e que estão “arrasando”, quando, na verdade, agregam muito pouco aos seus clientes.



Curso de Constelação Familiar e Sistêmica

Abaixo reunimos algumas dicas de como você pode melhorar a sua oratória na negociação com seus clientes:

1. Tenha uma boa apresentação pessoal

Antes de qualquer coisa, preste atenção em sua apresentação externa. Roupas e sapatos limpos e boa higiene pessoal garantem uma ótima recepção entre os ouvintes.

2. Transmita positividade

O segundo passo é manter sempre um semblante alegre e que transmita positividade. Faça isso não somente quando você começar a falar com o cliente. Antes disso, você já estará sendo observado. Lembre-se que a primeira impressão é a que fica. Transforme este ponto em um mindset seu enquanto vendedor, isto é, uma postura mental sua para todos os momentos.

3. Domine seu produto e seu mercado

Conheça muito bem o assunto que irá falar, ou seja, o produto que você está vendendo e a marca que você representa, bem como seu mercado amplo e de concorrentes diretos. Nunca fale antes de saber exatamente do que está falando.

4. Seja espontâneo e natural.

Não incorpore em si aquela falsa máscara do artificialismo. Elimine a rigidez dos músculos faciais e dos olhos. Uma boa dica é pronunciar palavras de difícil dicção algumas vezes ao dia.

5. Conheça bem seu cliente.

Além de conhecer bem o produto, é importante também saber com quem você está falando. Comece a negociação naturalmente e conforme for descobrindo mais sobre seu cliente, vá acertando o tom da oratória.

6. Tenha um corpo desperto e disposto.

Antes de sair de casa procure fazer um alongamento e se possível, repita outras vezes ao dia. Estique as mãos, braços, pernas e gire o pescoço suavemente. Respire profundamente pelo nariz, solte o ar suavemente pela boca. Faça isso por duas ou três vezes.

7. Melhore a pronúncia das palavras.

Pronuncie bem todas as sílabas, especialmente as finais. Faça um treinamento de respiração diário, enchendo bem os pulmões, coloque uma caneta na boca e tente pronunciar palavras mais complicadas.

8. Faça bom uso da linguagem corporal.

Seja natural na sua postura e seus gestos. Faça contato visual com o cliente com frequência. E lembre-se de evitar mãos nos bolsos, nas costas, cruzar os braços, ficar rígido, sustentar todo o corpo sobre uma das pernas, andar apressadamente de um lado para o outro.



FORMAÇÃO COMPLETA EM PSICANÁLISE
Seja Psicanalista. Curso 100% Online. Habilita a Atuar. Teoria, Supervisão e Análise. SAIBA MAIS



Lembre-se de que geralmente você também será analisado em relação à maneira como se porta diante de alguém. Sua linguagem corporal fala junto com a sua voz e se estiver fora de sintonia, pode colocar tudo a perder.

9. Antecipe-se ao seu cliente.

Treine sua negociação antes. Se chegar um novo produto, estude sobre ele e crie a maneira correta de falar sobre ele aos clientes. Faça isso com todos os produtos que ainda não teve a oportunidade de negociar. A prática leva à perfeição. Imagine quais objeções seus clientes vão trazer.

10. Deixe as perguntas certas para o cliente fazer.

Algumas objeções podem ser superadas se você apresentar bem o produto. Mas, não tente esgotar toda a curiosidade do cliente: deixe algumas perguntas para o cliente fazer (mas esteja preparado para respondê-las), pois a interação condiciona o cliente ao interesse.

11. Treine diante do espelho ou para outras pessoas.

Em casa, treine a fala e a linguagem corporal em frente ao espelho ou diante de pessoas de sua confiança, para que lhe digam se você está muito agitado, se está se movimentando muito, se está sendo claro etc. Receber dicas de pessoas próximas é muito importante para saber se você está no caminho certo, já que muitas vezes sozinhos não nos damos conta de nossos gestos.

12. Não masque ou se alimente enquanto fala.

Nunca fale com um cliente com balas, chicletes, pastilhas ou qualquer doce, goma,comida e outros objeto na boca. Isso impossibilita o ouvinte ter a total compreensão do que é dito. Preste atenção também em seu hálito. Cheiro forte de cigarro ou bebidas pode ser devastador.

13. Sorria sempre.

Sorria sempre. Seja simpático e empático com seus clientes. Crie com eles uma relação de rapport (veja este assunto em outro artigo, no Negócios e Carreiras). Saiba que ninguém tem culpa pelos seus problemas pessoais, eles estão ali para ouvir de você as vantagens e benefícios de um produto, querem uma explicação e esperam que você facilite sua vida. Portanto, use isto ao seu favor.

14. Leia muito.

Leia muito. Um vocabulário rico lhe dará mais respeito e credibilidade diante de seus clientes. Evite falar palavrões, gírias e expressões coloquiais. Você está fechando um negócio, o que é bem diferente de quando está conversando com “amigos de bairro” e “amigos de infância”. Ao falar com um cliente você deve passar credibilidade.

15. Tenha bom humor.

Seja carismático. Divirta-se com o que você está fazendo. Brincadeiras podem ser válidas se você já conquistou a confiança do cliente, mas tenha parcimônia. Esteja sempre bem humorado e positivo em relação ao negócio, mas sem ultrapassar o limite de descontração que o cliente esteja estipulando para a conversa.

16. Expresse-se corretamente.

Fale corretamente, não tropece no português. Utilize o plural de maneira correta, termine todas as frases, não engula o “r” no final das palavras. Evite frases truncadas (interrompidas) e ideias confusas. Se for falar alguma palavra em outro idioma, certifique-se primeiro de que a pronúncia está correta. Você poderá, ainda, revisar um roteiro do que falar ao cliente, minutos antes da conversa com ele.


Curso de Psicanálise

Deixe seu Comentário Abaixo :)

Redação N&C

Redação N&C

O Negócios & Carreiras é uma revista eletrônica com conteúdo de qualidade e atualizado, para desenvolvimento de pessoas e empresas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *