Home > Estratégia > O negócio sob quatro perspectivas

O negócio sob quatro perspectivas

Em um mercado cada vez mais competitivo, empresas que pretendem se manter relevantes necessitam desenvolver uma forte capacidade de agregar valor superior em suas práticas de gestão e em seus produtos e serviços, buscando alcançar os objetivos da organização através do entendimento dos desejos e necessidades do mercado consumidor, gerando estratégias relevantes para o negócio e para o mercado como um todo.

Já há algum tempo, a conjuntura mercadológica não permite mais que as organizações baseiem a sua gestão apenas nos aspectos financeiros do negócio. Evidentemente, dinheiro e lucro são importantíssimos em um negócio de qualquer natureza, entretanto, um negócio de sucesso transcende essa dimensão.

Entendendo a necessidade de entendimento e planejamento integral de um negócio, os consultores norte-americanos Robert Kaplan e David Norton começaram a observar e difundir, a partir da década de 1990 uma nova técnica, conhecida como Balanced ScoreCard (BSC). Essa técnica contempla as quatro perspectivas principais de um negócio: Financeira, Clientes, Processos Internos e Aprendizagem e Inovação, todas interligadas com a Missão, Visão, Valores e propósitos da organização. Cada perspectiva consiste em:

Perspectiva Financeira: como a empresa é vista pelos seus controladores e quais resultados financeiros pretende alcançar.

Perspectiva dos Clientes: como a empresa é vista pelos clientes, como se relaciona com eles e como pretender atender os desejos e necessidades de seu mercado consumidor, através de estratégias específicas de Marketing e Vendas.

Perspectiva Interna (Processos Internos): trata de como a empresa cuida e gerencia as suas operações, permitindo que a organização tenha clareza sobre quais são as atividades que necessitam de excelência para que os objetivos do negócio se tornem realidade.

Perspectiva da Aprendizagem e Inovação: uma dimensão altamente ligada à força de trabalho da empresa, trata de como a empresa melhora continuamente, como a sua equipe será treinada e produtiva e de como a organização se renova e se prepara para o futuro.

A técnica do BSC busca suprir a lacuna entre o curto e o longo prazo, bem como contemplar todos os aspectos estratégicos da organização. Ressalta-se que em todas as dimensões devem ser definidos objetivos específicos e para cada um desses são definidas métricas, metas e ações. O BSC é representado através de um diagrama denominado Mapa Estratégico, que é um delineamento visual para organizar as ideias e estratégias e, a partir desse gráfico, desenvolver as ações pensadas.

Flavio Paim
Flavio Paim é Administrador e Consultor Empresarial. Possui MBA em Marketing e sólida experiência nas áreas de Gestão, Comercial e Marketing. Atua em projetos personalizados de Consultoria, Assessoria e Treinamentos, objetivando sempre o crescimento, planejamento e reorganização de empresas, atendendo clientes no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo. Conheça mais sobre os serviços desenvolvidos e experiência do profissional em: www.flaviopaim.com.br ou entre em contato diretamente através do e-mail flavio@flaviopaim.com.br

O que você achou do artigo? Comente!

Seu e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios está marcados *

*

Scroll To Top