Home > Estratégia > O conceito de gestão estratégica

O conceito de gestão estratégica

Muito se tem falado sobre aquilo que vem a ser considerado o termo “gestão estratégica”. Eu mesmo, já tentei diversas vezes conceituá-lo em outros textos que escrevi sobre os temas da gestão e da estratégia. Aliás, essa busca incessante pela definição do termo não é causa isolada: ela é uma busca profunda e inesgotável de vários autores renomados sobre o tema há mais de 60 anos. Certamente não serei eu, um pesquisador emergente, que encontrará a resposta definitiva sobre o assunto. Entretanto, tentarei identificar algumas das características que moldam o conceito do tema sobre gestão estratégica.

Bem, vamos lá. Antes de falarmos sobre o que vem a ser gestão estratégica, precisamos encontrar os conceitos sobre gestão e sobre estratégia. Aqui, poderíamos listar uma “penca” de autores renomados sobre os temas, como Ansoff, Porter, Schumpeter, Prahalad e Hamel, Norman, Freeman, Mintzberg, Kaplan e Norton, etc. Todos com profundo conhecimento sobre os temas estratégia e/ou gestão. Entretanto, não vou me ater a repetir o que todos eles já disseram e que já foi provado. Por outro lado, como já é sabido, vou preferir utilizar o entendimento de outro grande mestre sobre o assunto: Peter Drucker.

Muito já tenho falado sobre o pensamento Druckeriano. De modo geral, meus textos são embasados nessa corrente de pensamento, eventualmente com uma ou outra divergência. O que é, de certa forma, natural. E retomando o raciocínio inicial, para que possamos entender o conceito de “gestão estratégica”, precisamos isolar seus termos. E para Drucker (2010), “gestão (administração) é prática, não ciência”. Para o autor, “a administração é uma prática mais do que uma ciência, não é conhecimento, é desempenho. Sua prática se baseia tanto no conhecimento como na responsabilidade”.

Aqui, alguém pode observar alguma contradição em muitos textos que relacionei a administração como Ciência. Antes de ser acusado, vou me explicar: muito do meu entendimento sobre o tema da Administração passa pela teoria Druckeriana. Quem me viu e me vê atuante e em defesa do PLS 439/2015 pode pensar que estou entrando em “contradição” com aquilo que venho pregando. Isso não é verdade. Embora, como relacionei anteriormente, eu utilize o pensamento Druckeriano como base para o meu entendimento sobre o tema da Administração, não concordo com tudo que esta corrente de pensamento expõe. A evidência emerge quando defendo arduamente a Administração como “Ciência da Gestão”, onde acredito firmemente haver um equilíbrio entre Ciência e prática.

Bem, retomando o tema central, agora que sabemos o que vem a ser gestão, precisamos conceituar o termo “estratégia”. E o que vem a ser estratégia? Já escrevi sobre isso num texto intitulado “Mas afinal: o que vem a ser estratégia” aqui no N&C. Assim sendo, uma estratégia parte de um plano ou conjunto de planos estratégicos que servem de base para as seleções de alternativas e as escolhas decisórias através de um padrão de ações orientadas ao ambiente de negócio(s) da empresa com o intuito de atingir objetivos determinados de longo prazo. É importante ressaltar que a empresa pode ter uma ou mais estratégias, dependendo do número de produtos/serviços que pratica e do mercado ou dos mercados em que atua.

Agora, podemos conceituar “gestão estratégica” como “um processo contínuo e dinâmico que foca no gerenciamento organizacional, se baseando em três pilares fundamentais: (1)planejamento estratégico, (2)execução estratégica e (3)monitoramento estratégico. O primeiro, estabelece uma direção a partir da missão, da visão e dos valores. Após definir-se o foco, são estabelecidas as metas. O segundo, estabelece o curso de ação selecionado para o alcance dos objetivos propostos, através de ações orientadas ao desempenho. O terceiro, lida com o acompanhamento de indicadores-chave sobre o desempenho, propondo melhorias e incentivando o alcance das metas propostas.”

Diego Felipe Borges de Amorim on Linkedin
Diego Felipe Borges de Amorim
Bacharel em Administração - Faculdade Equipe (FAE - Sapucaia do Sul RS). Especialista em Gestão de Negócios - Universidade Luterana do Brasil (ULBRA - Canoas RS), Consultoria e Planejamento Empresarial pela Universidade Candido Mendes (UCAM). Pós graduando em Planejamento Empresarial e Finanças pela Faculdade Venda Nova do Imigrante (FAVENI). Atualmente é técnico administrativo da Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS). Colunista da Revista N&C e do portal Administradores.com. Profissional com experiência na iniciativa pública e privada. Acredita no poder das novas tecnologias para o avanço do conhecimento e na ruptura da forma tradicional de aprendizagem. Também acredita no poder das tecnologias livres para maior liberdade, inclusão e progresso humanos e na extrema importância da disseminação do conhecimento através de plataformas de ensino livres.

7 comments

  1. I know this if off topic but I’m looking into starting
    my own weblog and was wondering what all is required to get set up?
    I’m assuming having a blog like yours would cost a pretty penny?
    I’m not very internet savvy so I’m not 100%
    sure. Any tips or advice would be greatly appreciated.
    Many thanks

  2. I simply couldn’t go away your website before suggesting that I really loved the standard information an individual supply in your guests?
    Is going to be again continuously in order to check up on new posts

  3. Great work! This is the type of info that are meant to be shared across the
    net. Disgrace on Google for now not positioning this submit upper!
    Come on over and visit my web site . Thank you =)

  4. Thanks a bunch for sharing this with all of us you really understand what you are talking about!
    Bookmarked. Kindly additionally talk over with my site =).

    We could have a hyperlink alternate agreement among us

  5. Unquestionably imagine that that you said. Your favorite reason appeared to be at the
    net the simplest thing to keep in mind of. I say to you, I definitely get
    annoyed at the same time as other people consider concerns that they plainly don’t recognise about.
    You managed to hit the nail upon the top as neatly as outlined out
    the whole thing without having side effect , folks can take a signal.
    Will probably be back to get more. Thanks

  6. I used to be recommended this web site via my cousin. I am now not sure whether this
    put up is written through him as no one else recognise
    such designated approximately my problem.

    You are amazing! Thanks!

  7. Do you mind if I quote a few of your posts as long as I
    provide credit and sources back to your webpage?

    My blog is in the very same area of interest as yours and my users would really benefit from a lot of the information you present here.
    Please let me know if this okay with you. Thanks a lot!

O que você achou do artigo? Comente!

Seu e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios está marcados *

*

Scroll To Top