Esperança - Crie caminhos e não justificativas! - Negócios e Carreiras
Home > Coaching > Esperança – Crie caminhos e não justificativas!

Esperança – Crie caminhos e não justificativas!

“A questão não é ter o problema, mas a forma como reagir a ele” – Roberto Setubal (Presidente do Itaú Unibanco).

Foi só neste século que a ESPERANÇA passou a ser tema de discussão, entre os pesquisadores que estudam o bem-estar, por estudos afirmarem que ela tem papel fundamental para o desenvolvimento humano positivo.

Ok! Mas saber que ela é importante é o suficiente? Você já se sente mais esperançoso? Provavelmente, não!

A boa notícia é que, como qualquer outra habilidade, a esperança pode ser desenvolvida, uma vez que você não nasça com ela. Quer saber mais?

Nos anos 90, Charles Richard Snyder, grande pesquisador da Psicologia Positiva, desenvolveu a Teoria da Esperança. Após esta “descoberta”, a teoria foi ampliada por muitos estudiosos, dos quais destaca-se o professor de Psicologia Anthony Scioli (Keene State College).

De acordo com a Teoria da Esperança, a Esperança é um processo cognitivo, de natureza motivacional, direcionado para alcançar objetivos.

Além disso, ela reflete a percepção do indivíduo quanto a sua capacidade de definir objetivos claros; desenvolver estratégias e estabelecer as ações e caminhos, para a superação dos objetivos desenhados.

Baseado nestas poucas linhas, já é possível perceber a relevância da esperança para a sua vida e para a realização dos seus objetivos pessoais e profissionais?

E se eu te disser que estudos comprovam que pessoas com níveis mais elevados de esperança encontram maior facilidade frente aos desafios? Por que?

  1. Porque conseguem definir os seus objetivos de forma mais eficaz;
  2. Porque tem maior facilidade em implantar caminhos;
  3. Por estarem mais determinadas a agir para conquistarem o que querem.

É importante salientar que a Esperança não exclui o fato de que você enfrentará desafios, mas está diretamente ligada a forma como você fará isso.

De forma geral, pessoas com alto nível de esperança veem a situação a ser enfrentada como um desafio a ser superado, com a utilização de um caminho alternativo. Ou seja, possuem um plano B, para 100% das situações.

A esperança e outros conceitos

Segundo a teoria de Charles Richard Snyder, a Esperança apresenta características que a aproximam de outros conceitos, mas existem diferenças, tais como:

  • Esperança e autoeficácia: A autoeficácia é mais focada no comportamento orientado para objetivos, enquanto a Esperança dá igual valor aos caminhos e ao pensamento em ação, para o atingimento dos objetivos.
  • Esperança e otimismo: O otimismo trata da confiança para chegar ao objetivo, mas não contempla o caminho para chegar-se a ele. A Esperança inclui tanto a confiança quanto a definição do melhor caminho para chegar ao resultado desejado.
  • Esperança e ilusões positivas: No caso das ilusões positivas, o indivíduo se afasta da realidade, pois cria uma autopercepção enganosa e otimismo intenso, diante de situações ameaçadoras. Já a Esperança, mantém o foco no objetivo e na realidade, auxiliando na busca de alternativas reais à solução do desafio.

E agora, ficou mais claro?

Escalas de Esperança

Para medir o quanto a Esperança está ligada ao processo de superação de objetivos, Charles Richard Snyder criou marcadores, os quais chamou de Escalas de Esperança.

Estudos demonstraram que pessoas com baixo nível de esperança possuem objetivos ambíguos e trabalham para atingi-los, um de cada vez. Já as pessoas com maior nível de esperança, costumam agir para atingir cinco ou seis metas distintas, ao mesmo tempo.

Além disso, as pessoas com maiores índices foram capazes de traçar caminhos alternativos, quando frente aos obstáculos, enquanto os demais foram “pegos de surpresa”, tendo os seus objetivos comprometidos.

Neste caso, seria interessante que você pudesse medir o seu próprio Índice de Esperança? Então, eu vou te ensinar como!

Crie a sua própria Escala de Esperança

  • Escreva algumas afirmações que expressem a iniciativa e a disposição de encontrar caminhos
  • Crie uma lista alternando os dois tipos de afirmação, contemplando metade das afirmações do primeiro (iniciativa) e metade do segundo tipo (disposição de encontrar caminhos). Fique tranquilo, pois eu darei alguns exemplos, para facilitar que você construa a sua própria lista.
  • As afirmações pares referem-se as iniciativas e as pares a disposição de encontrar caminhos.
  • Concentre-se na sua vida, agora e considere o quanto cada uma das afirmações da sua lista é verdadeira para você.
  • Para avaliar cada uma das afirmações, utilize uma escala de 1 a 8, sendo:

1= definitivamente falso

2= em grande parte falso

3= em parte falso

4= ligeiramente falso

5= ligeiramente verdadeiro

6= em parte verdadeiro

7= em grande parte verdadeiro

8= definitivamente verdadeiro

 

  • Some os pontos que você deu a cada afirmação.
  • Como referência, considere que o ponto mais alto da escala é atingido se todas as afirmações tiverem pontuação 8 (ou seja, número de afirmações X 8 = pontuação máxima).
  • Avalie o seu nível de Esperança, considerando:

1, 2, 3= baixo

4, 5, 6= médio

7, 8= alto ou muito alto

 

  • A pontuação dos itens pares indica a sua capacidade de colocar pensamentos em ação.
  • A pontuação dos itens ímpares indica a sua habilidade de encontrar vias ou caminhos.

 

Conforme prometido, seguem alguns exemplos de afirmações, para a construção da sua lista:

Espero que, com base nestes exemplos, você possa desenvolver as suas próprias afirmações, seguindo as dicas acima. Pronto?

  1. Consigo pensar em diversas maneiras de sair de um congestionamento.
  2. Busco os meus objetivos com alto nível de energia.
  3. Sempre encontro mais de uma maneira de resolver um mesmo problema.
  4. Eu me vejo como uma pessoa de sucesso.
  5. Consigo pensar em várias maneiras para atingir os meus objetivos.
  6. Eu alcanço as metas que defino para mim.

E você, como foi? Qual foi a sua média, considerando os dois tipos de afirmações?

O que você concluiu sobre você mesmo?

Se você já está convencido de que elevar o seu índice de Esperança te trará muitos benefícios, ótimo!

Se ainda não estiver, preste atenção!

 

Principais benefícios trazidos pela Esperança:

  1. Maiores chances de chegar ao seu objetivo, como resultados positivos.
  2. Maior facilidade de planejar ações efetivas, para atingir os seus objetivos, bem como para escolherem os melhores caminhos para chegarem a eles.
  3. Maior rapidez para chegar aos seus objetivos.
  4. Capacidade de criar mais caminhos para chegar aos seus objetivos.
  5. Melhor resistência ao stress, com melhor desempenho, frente aos diversos tipos de pressões.
  6. Maior facilidade para desenvolver autocontrole e compreensão.

Neste ponto, o ideal é que você já tenha entendido os benefícios de um alto nível de Esperança e tenha a sua própria avaliação em mãos. Certo?

Agora, para fecharmos com chave de ouro, vou te dar algumas dicas de como aumentar o seu nível de Esperança e aproximar-se dos seus objetivos.

 

Como aumentar o seu nível de esperança?

  1. Defina aonde você quer chegar.
  • Qual é o seu objetivo, especificamente?
  • Qual é a importância deste objetivo para você?
  • Qual é o grau de desafio deste objetivo?
  • Quando você quer atingi-lo?
  • Como você poderá medir a superação desse objetivo?

 

  1. Defina as estratégias e recursos necessários para que você atinja o que deseja.
  • Quais as alternativas para alcançar o que você quer?
  • Quais os caminhos e estratégias que você enxerga?
  • Qual das estratégias levantadas será a mais adequada para você?

 

  1. Eleve a sua automotivação e iniciativa.
  • O que você irá ganhar, quando atingir este objetivo?
  • O que você irá perder, caso não o atinja?
  • Quais dos seus maiores valores serão preservados, quando você atingir a sua meta? Quais serão os benefícios para a sua família, para o seu bem-estar, para a sua carreira ou relacionamento?
  • Qual é a melhor coisa que pode acontecer, quando você atingir esse objetivo?
  • Imagine-se atingindo esse objetivo e me diga: Como você se sente, chegando lá?

Como já falei, em outras publicações, eu sou apaixonada pelo Coaching e pela Psicologia Positiva e tenho a convicção de que ambos podem transformar vidas e auxiliar as pessoas a alcançarem os seus sonhos.

É por isso que, além de atuar como Coach (Life, Positive e Career), eu escrevo artigos semanais, a fim de garantir que o maior número de pessoas possível tenha acesso a este nível de informações.

E você? O que te impede de começar a transformar a sua vida, hoje? Comece lendo este artigo e, se quiser saber ainda mais, entre em contato comigo e permita-se ser quem você sempre sonhou ser!

“Só os que se arriscam a ir longe demais são capazes de descobrir o quão longe se pode ir. ” – Thomas Stearns Eliot.

Nathali Teixeira Lopes Kafski on EmailNathali Teixeira Lopes Kafski on FacebookNathali Teixeira Lopes Kafski on Linkedin
Nathali Teixeira Lopes Kafski
- Positive, Pessoal and Professional Coach, na empresa Up2you Coaching e Desenvolvimento Humano.
- Membro da Sociedade Brasileira de Coaching.
- Quinze anos de sólida experiência em gestão e desenvolvimento de equipes de alta performance, em empresas multinacionais de grande porte.
- Alto potencial de trabalho em coordenação e execução de projetos.
- Hábil em contratar, desenvolver e motivar equipes vencedoras.
- Êxito em criação, implementação e acompanhamento de planejamento estratégico.
- Facilidade de adaptação aos diferentes cenários, perfis de equipes e ramos de atuação.
- Espírito de equipe, dinamismo e excelente relacionamento interpessoal complementam o perfil.

Certificações:
- Wellness and Positive Coaching® (SBC) - 2015
- Personal and Professional Coaching® (SBC) - 2015
- Leader as a Coach (Association For Coaching) - 2015
Scroll To Top