Crowdfunding: O que é e Como Funciona?

Não é nada fácil achar pessoas que tenham boas ideias. Por essa razão, quando nós encontramos indivíduos que têm projetos interessantes, nós os encorajamos a ir em frente com os seus empreendimentos. Com este artigo, nós te mostraremos que é possível fazer isso por meio do crowdfunding.

O que é o crowdfunding?

Se você não sabe sobre o que nós estamos falando, fique tranquilo! Nós iremos te explicar de um jeito muito simples. O crowdfunding é um termo inglês que corresponde ao que muitos conhecem como financiamento coletivo. Para que você entenda melhor o conceito, vai ser necessário recordar dos seus tempos da escola.

Você lembra quando você e seus amigos estavam com fome na hora do intervalo, mas ninguém tinha dinheiro suficiente para comprar algum lanche na cantina? Nessas horas, o que vocês costumavam fazer?

Provavelmente, todo mundo jogava as moedas na mesa a fim de que fosse possível juntar o valor necessário para comprar alguma coisa. Se você não passou por essa situação na escola, certamente você já participou de alguma arrecadação de dinheiro em outros lugares.



Curso de Constelação Familiar e Sistêmica

Podemos afirmar que a ideia do crowdfunding é muito parecida com a do conceito de vaquinha. O financiamento coletivo consiste na arrecadação de dinheiro por pessoas que precisam de investimento para implementar algum projeto.

Como participar de um crowdfunding

É importante mencionar, no entanto, que as contribuições do crowdfunding são realizadas por meio da internet. Por essa razão, essa forma de obter capital é muito conhecida pelas pessoas como vaquinha online.

Podemos afirmar que não é nada complicado divulgar o seu projeto para outras pessoas. Você só precisa encontrar alguma plataforma que te permita fazer isso. Existem várias opções de sites que oferecem o serviço de crowdfunding. É necessário apenas ficar atento às regras de cada um deles.

Apesar de ser bem fácil veicular as suas ideias para outras pessoas pela internet, não podemos dizer que é tão simples angariar fundos por meio desse tipo de financiamento. Para isso, será necessário atrair a atenção de outras pessoas para a sua proposta. Afinal, elas terão que se sentir motivadas a investir o seu dinheiro em seu empreendimento.

Felizmente, podemos afirmar que há muita gente interessada em colaborar com a implementação de novos projetos. Muitas pessoas já foram bem-sucedidas em seus empreendimentos graças ao apoio de pessoas que acreditaram em seus objetivos.

Assim sendo, se você tiver uma boa proposta, vale a pena procurar alguma plataforma de crowdfunding, como é o caso da Vakinha e, assim, divulgar o seu projeto. No entanto, antes disso é importante que você esteja consciente da existência de diferentes tipos de financiamento coletivo. Nós iremos te apresentar agora cada um deles.

Tipos de crowdfunding

Social

Essa modalidade de financiamento coletivo é uma das mais conhecidas. Você provavelmente já recebeu um convite nas redes sociais para doar dinheiro para uma criança que precisava fazer o tratamento de alguma doença rara ou para alguma ONG.

Fique sabendo que arrecadações como essa são crowdfundings. Você doa dinheiro para alguma pessoa ou instituição sem esperar algo em troca. Claro que você sempre terá a satisfação de saber que ajudou alguém.

Com recompensa

Esse tipo de financiamento coletivo exige que você beneficie os colaboradores do seu projeto de alguma forma. Essa opção é vantajosa porque ela dá um incentivo para as pessoas contribuírem para a realização do seu empreendimento.



FORMAÇÃO COMPLETA EM PSICANÁLISE
Seja Psicanalista. Curso 100% Online. Habilita a Atuar. Teoria, Supervisão e Análise. SAIBA MAIS



Se você não tem ideia do que oferecer aos seus apoiadores, fique sabendo que existem muitas possibilidades de recompensas. Você pode presenteá-los com chaveiros, canecas, cópias onlines de seus livros e até mesmo os produtos da sua empresa. Nessa hora, vale pensar o que deixará os seus cooperadores felizes.

Equity Crowdfunding

Essa é uma opção para ser escolhida por investidores. Se você deseja aplicar o seu dinheiro em algum projeto que possa ter dar um bom retorno financeiro, escolha esse tipo de financiamento coletivo.

A ideia do Equity Crowdfunding é oferecer aos colaboradores de um projeto a sua participação nos lucros do negócio em que eles estão investindo (que, na maioria das vezes, é uma startup). É importante que você saiba que é possível até mesmo receber ações de uma empresa.

Assim sendo, a colaboração com esse tipo de financiamento é muito parecida com um investimento na Bolsa de Valores. Por essa razão, é necessário ter em mente que a aplicação do seu dinheiro na criação de uma instituição é uma operação arriscada. Isso porque, se o projeto não der certo, você sairá no prejuízo.

Debt Crowdfunding

Esse tipo de financiamento coletivo é basicamente um empréstimo. Empresas que precisam de dinheiro para encaminhar os seus projetos podem recorrer a esse tipo de crowdfunding para conseguirem arrecadar o valor que elas precisam.

Antes de você entregar o seu dinheiro, é importante que você tenha em mente que, assim como todo empréstimo, existe o risco de você perder a quantia que que você ceder. Assim sendo, não é bom correr esse risco se você precisa do dinheiro que você quer investir.

Por outro lado, também vale considerar que, se tudo correr de acordo com o combinado, você conseguirá receber o dinheiro que você concedeu com juros. Assim sendo, colaborar com esse financiamento coletivo pode te trazer grandes benefícios.

Crowdfunding tudo ou nada ou flexível?

Agora que você já sabe diferenciar os tipos de crowdfundings existentes, é importante te apresentar outras formas de categorizar esses financiamentos. Quando você divulgar o seu projeto, nem sempre você terá a sorte de conseguir o valor integral que você precisa. Pode ser que você arrecade uma quantidade de dinheiro inferior à sua meta.

Se isso acontecer quando o seu tipo de crowdfunding for tudo ou nada, você não receberá nada do que foi doado e, assim, cada colaborador receberá o seu dinheiro de volta. Por outro lado, se o financiamento for flexível, você ficará liberado para receber o valor que foi levantado.

Considerações finais

Dessa forma, se o seu desejo é divulgar o seu projeto, é necessário que você fique atento para escolher o tipo de crowdfunding que mais se adequa às suas necessidades. Lembre-se sempre de fazer uma proposta que tenha o potencial de atrair a atenção das pessoas. Nem sempre um projeto pessoal que só interessa a você receberá algum investimento.

Por outro lado, se você deseja ajudar alguém por meio desse financiamento, recomendamos que você esteja atento às regras de cada crowdfunding a fim de que você não seja prejudicado (possibilidade de que isso ocorra são mais reais no Equity Crowdfunding e no Debt Crowdfunding). Para ficar por dentro de outros temas associados ao mundo dos financiamentos e conomia, continue acompanhando nossos artigos!


Curso de Psicanálise

Deixe seu Comentário Abaixo :)

Redação N&C

O Negócios & Carreiras é uma revista eletrônica com conteúdo de qualidade e atualizado, para desenvolvimento de pessoas e empresas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × dois =