Home > Gestão da Inovação > Criatividade em 25 técnicas e exercícios

Criatividade em 25 técnicas e exercícios

Muitas vezes nos angustiamos por estar de frente a uma folha em branco, ou ao buscar uma ideia sem sucesso. Existem exercícios e técnicas que podem lhe ajudar para você potencializar sua criatividade. Algumas delas podem não lhe ser úteis no primeiro uso, mas a prática lhe trará bons resultados, até que você defina um conjunto de 4 ou 5 técnicas que mais fluem para você.

criatividade tecnicas exercicio

1. Livre associação de ideias

Junte duas ideias que, aparentemente, não têm relação. Busque uma coerência entre elas. Uma técnica que estimula a criatividade através da combinação de objetos, palavras e conceitos, otimizando a memória.

2. Brainstorming

Técnica de Criatividade clássica no ramo da publicidade, serve para dar fluxo à mente e considerar qualquer ideia, sem pré-julgá-las. Só a partir de um volume de ideias obtidas é que se passa para eliminação do inadequado.

3. Descontinuidade

Pequena mudança forçada de hábitos, forçando a mente a ver o mundo de forma diferente. A técnica pode ser realizada com coisas triviais, como se locomover para ir ao trabalho, executar diariamente no estacionamento, pegar um caminho diferente no trânsito etc. Você deve agir de um modo diferente do habitual, obrigando assim a sua mente a ver o mundo de forma diferente, que leva você a ser mais criativo. Você também pode começar frases com “É preciso para de pensar que…” e aí questionar o senso comum de cada assunto.

4. Mapa mental

Serve para eliminar bloqueios e dar total liberdade para mente. Coloque ao centro um tema ou problema e comece a ramificar com ideias derivadas, como se fosse uma árvore. Desenhe várias linhas, por escrito no final de cada linha uma outra palavra-chave. Tente deixar sua mente fluir e gerar ideias diferentes a partir de cada uma das palavras-chave anteriores. Só ao final do processo avalie o que pode ser aproveitado.

5. Comparações alegóricas e metafóricas

É um método de associação em que se busca vínculos entre dois ou mais elementos distantes. Tenha foco por um momento sobre o problema e, pouco a pouco, vá procurando articular as comparações com coisas que até mesmo pareçam não ter semelhanças.

6. Inversão de hipóteses

Técnica de criatividade baseada na inversão de idéias de forma mais básica, com a finalidade de encontrar abordagens novas e inovadoras para o mesmo problema. Ex.: Como trazer passageiros para um avião? Inverta: como os passageiros podem vir até o avião, sem ele precisar decolar? (ex.: criar um restaurante dentro de um velho avião).

7. Lista de atributos

Se você quer inovar na área de restaurantes, faça uma lista sobre tudo o que deve ter e o que não costumar ter em um restaurante. Serve para analisar e melhorar aspectos que geralmente passam despercebidas, como por exemplo, os atributos de um produto em particular.

8. Técnica de Brainwriting

É uma versão solitária e silenciosa do brainstorming: as ideias que aparecem são anotadas por escrito.

9. Técnica de intuição consciente

Feche seus olhos e tente visualizar o seu problema. Pense em cenários bem detalhados e depois abra os olhos no ponto que você imaginou. Entre as imagens e os detalhes você poderá encontrar a solução.

10. Técnica dos desenhos

Sentar e desenhar a sua interpretação do problema, rascunhos de cenários ou palavras soltas, até encontrar a solução.

11. Técnica do pensamento

Deixar a sua mente perambular, sem uma obrigação fixa. Anote o que for relevante. Era um dos métodos preferidos de Einstein.

12. Técnica de Gordon/Little

Chegar a um conceito o mais abstrato possível em relação ao problema, até chegar a uma verdadeira solução. Ex.: as pessoas não vêm ao restaurante > as pessoas estão saindo menos de casa em épocas de crise e inverno > como chegar até as pessoas ou fazerem-nas sair de casa?

13. Técnica dos seis chapéus

Cada chapéu representa um ponto de vista. Você (ou um grupo) deve se colocar no lugar desses chapéus, assumir seus pontos de vista:

  • Chapéu Branco: olhar para os fatos sem fazer juízos de valor.
  • Chapéu Vermelho: expressar sentimentos fortes e intuitivos.
  • Chapéu Preto: examinar os obstáculos e as razões por que certa ideia anterior não tenha funcionado.
  • Chapéu Amarelo: ver os benefícios de um projeto ou de uma ideia.
  • Chapéu Verde: pensar novas alternativas de idéias, fazer provocações e sugerir mudanças.
  • Chapéu Azul: identificar o chapéu que você vai precisar usar em cada momento.

14. Ouça música

É uma prática que permite que você uma tarefa simultânea. Músicas mais suaves, clássicas ou instrumentais costumam funcionar melhor. A música pode ser utilizada para estimular e relaxar a mente e o corpo. A música pode ativar partes do cérebro relacionadas com a motivação, emoção e entusiasmo, o que fomenta o processo criativo.

15. Medite

Sentado ou deitado, com respiração suave e longa, enxendo-murchando o abdômen, por pelo menos 10 minutos. Ajuda a relaxar e clarificar as ideias, permite ideias novas. Deve-se evitar pensar enquanto medita, mas o processo pode gerar novas ideias, durante ou depois.

16. Tenha uma conversa

Procure alguém para conversar e fale de suas ideias, ou simplesmente deixe a conversa fluir por associação livre. Você pode falar com alguém mais experiente, que tenha tido sucesso em problema similar ao seu, ou alguém que tenha problemas piores ainda e que não os resolveu. É uma boa maneira para obter novas idéias e desbloquear a mente para a criatividade.

17. Siga o trabalho de pessoas criativas

Pode ser nas redes sociais ou blogs, pessoalmente, por meio de livros e filmes. Você pode inspirar e desencadear uma criatividade sem limites.

18. Veja um filme curto

Pode ser um episódio de uma série, de um desenho animado, uma palestra do TED, um desabafo no Youtube, uma notícia de telejornal, um pequeno documentário.

19. Durma bem

Um pouco de sono é uma boa opção para voltar mais forte e com a cabeça renovada. Em muitas situação em que você estiver bloqueado provavelmente estará cansado.

20. Não faça nada

Permita-se não fazer nada, deixe um ou dois dias sem se obrigar a criar. Provavelmente muitas coisas virão naturalmente, pois o cansaços podia ser um bloqueador.

21. Mude de ambiente

Procure um novo lugar de trabalho ou estudo: uma biblioteca, uma praça, um lugar calmo, um lugar movimentado. Você pode, dentro de seu mesmo ambiente (casa), mudar de cômodos ou de ferramenta de trabalho (do computador para o papel e vice-versa, por exemplo).

22. Escreva

Coloque um título, um tema, uma ideia solta no papel. Vá elaborando ideias a partir disso, até ter uma sinopse ou resumo da ideia central. Não precisa ser algo bom nem grande, apenas comece a escrever. Você vai ver um monte de palavras emboladas começarem a sair, com a prática dia após dia desse exercício.

23. Visualize e Vista-se da ideia

Você deve criar imagens muito fortes e detalhadas do projeto em sua cabeça e imaginar que já chegou ao fim, que já está feliz com o resultado. Essa técnica lhe dá um relaxamento e prova ao seu cérebro que chegar lá é possível.

24. Técnica de Criatividade Delphi

Envie questionários a especialistas, analise e faça observações. Mande novamente aos especialistas, agora com suas anotações. Eles farão novas alterações e, a partir daí, você terá elementos para trabalhar.

25. Técnica de Questionário Design Thinking

Escolha alguns possível usuários de seus produtos ou destinatários de suas ideias e peça ajuda para eles. Não fale ainda qual é sua ideia pronta. Veja quais as dores e expectativas eles têm sobre o assunto. Deixe o processo menos formal: não faça uma entrevista rígida, para não induzir o entrevistado a dizer o que “parece certo” dizer.

Redação N&C on sabfacebookRedação N&C on sablinkedinRedação N&C on sabtwitterRedação N&C on sabyoutube
Redação N&C
em
O Negócios & Carreiras é uma revista eletrônica com conteúdo de qualidade e atualizado, para desenvolvimento de pessoas e empresas.

O que você achou do artigo? Comente!

Seu e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios está marcados *

*

Scroll To Top