Como podemos mudar o nosso mindset?

Mindset pode ser descrito como sendo a mentalidade que cada um de nós tem com relação à vida. É conjunto de atitudes mentais que tem o poder de influenciar diretamente os nossos comportamentos e pensamentos sendo decisivo para alcançarmos sucesso ou não. De acordo com a professora de psicologia Carol S. Dweck, da Universidade de Stanford (Estados Unidos) o nosso Mindset explica e, muito, o nosso modo otimista ou pessimista de ver a vida e se portar diante dela. Para Carol, existem dois tipos de mentalidades distintas: a fixa (aquela que faz com que os indivíduos acreditem que determinadas capacidades são inatas e não podem ser desenvolvidas) e a progressiva (aquela que faz com que os indivíduos acreditem que seus talentos e habilidades podem, com paciência, foco e dedicação, serem desenvolvidos), e estas definem bem os dois tipos de perfis.

Neste sentido, como podemos mudar nosso mindset atual?

O primeiro passo é ter a clareza e reconhecer onde estamos neste momento. Identificar nossos comportamentos e se situar no ambiente atual é o primeiro movimento para que consigamos ter esta mudança desejada. E assim, a partir do momento que reconhecemos onde estamos, conseguimos iniciar um segundo momento desta mudança que é começar a ter uma certeza sobre qual direção queremos seguir e criarmos mecanismos para que isto comece a ocorrer.

Para tanto, é necessário que comecemos a nos responsabilizar pelas nossas próprias escolhas e ações frente às situações impostas pelo meio. Devemos começar a nos antecipar às situações e não reagir a elas. Ou seja, sermos proativos e não apenas reativos.

E um comportamento que ajuda para isso é que consigamos concentrar em mantermos nossa mentalidade positiva. Quanto mais positivos somos, mais estamos capazes para enxergar aspectos positivos de uma situação. Em contrapartida, quanto mais negativos estamos, mais derrotistas e pessimistas ficamos. Albert Einstein já dizia que “…a decisão mais importante da nossa vida está entre acreditar que vivemos num mundo amigável ou num mundo hostil.”

E o que fazer então? Devemos criar um compromisso com a mudança. Desde as pequenas atitudes até grandes decisões. Parar para refletir como está nosso mindset (como escrito acima) e agir. Não digo aqui que será fácil. Terá um trabalho duro, mas será que não vai valer a pena?

Quando foi a última vez que você alimentou a sua mente? Leu um livro; assistiu a um filme ou foi ao teatro; saiu para rir com os amigos; meditou ou simplesmente parou para respirar fundo e apreciar o por do sol?

É necessário que façamos a reprogramação dos nossos comportamentos. Termos a capacidade de destruir os padrões negativos atuais e nos abrirmos para o novo.

Para que consigamos criar uma vida mais “abundante” é de extrema importância que consigamos desenvolver este nosso mindset. Termos condições de tornarmo-nos líder de nós mesmos ou seja, termos a possibilidade real de controlar os nossos pensamentos e atitudes em nosso dia a dia em busca de um crescimento e realização em nossa vida.

Com o tempo, iremos aos poucos mudar este nosso “mapa mental”. Nossa forma de agir e pensar será outra e passaremos a ver o nosso ambiente ao redor com outros olhos. Que tal experimentar a partir de hoje fazer e pensar diferente?

Daniel Gattaz Stur
Especialista em carreira com quase vinte anos de vivência em Recursos Humanos e Gestão de Pessoas, tendo atuado em projetos de desenvolvimento de carreira em Organizações e consultoria de parceria de Negócios em empresas de grande porte com atuação nacional nos mais diversificados seguimentos. Sócio-proprietário da DS Consultoria de Carreira (www.dsconsultoriadecarreira.com)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *