A beleza do “plano B”

Foco, determinação, obstinação e outras palavras de ordem como essas, têm sido como mantra na vida de muitos, para o alcance de objetivos.

Não sabemos lidar com o fracasso. Sonhamos, traçamos objetivos, vamos á luta. Investimos TUDO em prol do que desejamos. Grandes homens e suas histórias de sucesso nos inspiram. Buscamos ajuda nos livros de auto-ajuda. Proclamamos frase de efeito. Nos jogamos com tudo.

Nos recusamos a sequer mencionar a possibilidade de um plano B. Afinal, todo plano B traz implícita a derrota do plano original.

Na busca do cumprimento do plano original, muitas vezes nos perdemos. Nos enganamos. Somos guiados por nossos sentimentos e utopia de sucesso ou da felicidade.



Curso de Constelação Familiar e Sistêmica

Esgotados, frustrados e com vergonha, nos recusamos a enfrentar a realidade: Simplesmente não deu. Não aconteceu.

A vida é mais que um simples plano; não é feita apenas de escolhas, mas de fatos alheios à nossa vontade. Notícias boas e ruins. Mudanças no cenário econômico e politico. Decisões de outros que , por serem contrárias ás nossas, influenciam direta ou indiretamente a nossa vida.

A vida é dinâmica. Nossos planos também precisam ser. Viver exige maturidade e flexibilidade. Exige recomeços.

É certo que, se temos um objetivo, fica mais fácil conduzir nossos esforços e escolhas. Nos preparar e nos capacitar fazem sentido. Investir tempo e dinheiro é necessário. Mas , mesmo assim, nada disso garante o sucesso do plano A, do plano original.

Algumas vezes, tudo aconteceu porque não havíamos feito a lição de casa. Não fizemos o levantamento correto das condições e chances do plano A. Muitas vezes falhamos em planejar. Outras vezes, simplesmente não aconteceu no tempo ou da maneira que idealizamos.

Faz-se necessário encarar a derrota. Avaliar honestamente os prejuízos emocionais, familiares, financeiros e pessoais. Admitir o fim. Recobrar o ânimo. Levantar-se. Prosseguir.

Olhar pra frente, encarar a desordem, desfazer as malas. Jogar o lixo fora, mas somente se não for possível reciclar, ou usar de adubo para a próxima etapa. Nossos erros, falhas e fracassos possuem grande poder de preparação para um novo tempo. São fundamentais para avançarmos – e não para estagnar-nos ou traumatizar-nos.

A beleza do plano B, é que você pode sorrir novamente. O Plano B pode significar um esboço para um novo e glorioso tempo. Você estará diferente – talvez machucado, mas em uma nova postura. Com o Plano B, podemos transformar erros em grandes acertos. As falhas e fracasso se transformam em excelentes oportunidades de superação. O Plano B pode ser poético. A choradeira  se transformará em esperança.

Mas cuidado: ao esboçar o plano B, o faça com critério e honestidade. Levante corretamente todos os dados necessários para conhecimento real dos prós e contras. Avalie  – sem meias palavras – as oportunidades. Trace metas para imediato, curto e médio prazos. Faça o planeamento com clareza e verdade.



FORMAÇÃO COMPLETA EM PSICANÁLISE
Seja Psicanalista. Curso 100% Online. Habilita a Atuar. Teoria, Supervisão e Análise. SAIBA MAIS



Rejeite a ilusão. Recuse-se a tentação dos antigos hábitos. Calcule os riscos. Estabeleça indicadores periódicos para mensurar sucessos ou fracassos constantes. Mire no futuro, mas comprometa-se com cada passo, e cada etapa.

Pare periodicamente para avaliar o progresso, estagnação ou retrocesso. Mantenha a paixão acesa. Mantenha o brilho nos olhos. Contagie outros.

Estabeleça parcerias para que possa encontrar ajuda nos períodos difíceis. Desenvolva a habilidade de pedir ajuda. Avalie os conselhos. Comemore cada etapa, cada desafio vencido, cada meta alcançada. Tenha humildade para fazer o retorno, e prosseguir imediatamente após deparar-se com falhas no planejamento ou com imprevistos. Mantenha-se focado, mas sempre flexível.

Não coloque sua vida nas mãos do seu plano. Viva intensamente não apenas para o plano  -mas para todas as demais áreas.

Pare para recarregar suas energias, sempre que necessário. Esteja atento às oportunidades. Mantenha-se excelente em tudo o que fizer. Seja impecável no tratamento para com aqueles a sua volta – não importa o cargo, ou vantagem que poderão (ou não) estar oferecendo a você.

Não espere o plano original falhar para, só depois, pensar em um plano B. Se você está traçando o plano A (plano original), cogite a possibilidade de existência de um plano B – sem trauma.

Ao final de tudo isso, não importa se você está vivendo o plano original, ou se está partindo para o Plano B. O que importa mesmo, é o caminho: a viagem – e não somente o destino.

Seja na sua vida profissional, na sua carreira, família, negócios, relacionamentos e conquistas. Lembre-se: Há sempre um caminho novo, uma nova vida, um novo conceito de plenitude, sucesso e felicidade a sua espera. Ainda que os planos mudem, sua vida pode ser incrivelmente maravilhosa simplesmente por você existir.

 

 

 

 

 

 

 

 


Curso de Psicanálise

Deixe seu Comentário Abaixo :)

Egle Dorta

Egle Dorta

Especialista com mais de 20 anos de vivência em todos os subsistemas do comércio exterior, Egle Dorta é também coach, consultora empresarial e CEO do grupo IMPERARE. Seu trabalho tem formado e transformado profissionais em suas carreiras e lideranças, além de contribuir com sua visão estratégica, diagnóstico preciso e soluções eficazes para o desenvolvimento de negócios nacionais e internacionais. Visite nosso site. Curta nossa página no Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 4 =