Home > Marketing > 7 melhores lugares para divulgar empresa

7 melhores lugares para divulgar empresa

Quais os melhores lugares para divulgar empresas, serviços ou produtos? Quais técnicas empregar para fazer com que a divulgação seja efetiva?

Divulgar empresa, produtos ou serviços – especialmente em sua fase inicial, mas não apenas nela – é uma etapa crucial para garantir o sucesso do empreendimento. Afinal, os clientes só vão entrar numa loja, ou procurar um produto, ou contratar um serviço de uma determinada empresa se souberem da existência disso.

Por isso a presença da divulgação em um plano de negócios é indispensável. E reservar para esta etapa uma fatia satisfatória da verba também é crucial, porque, apesar de haver muitas maneiras baratas de divulgar, algum dinheiro todas vão custar para uma divulgação de qualidade.  A publicidade para trazer bons resultados deve ser constante.

Muitos líderes de empresas, principalmente das menores, acreditam que a publicidade é como ir ao dentista: hábito que você só precisa ter a cada seis meses. Mas, quando a publicidade é contínua e focada, os negócios tornam-se mais rentáveis e as operações são facilitadas.

Se os possíveis clientes tiverem uma visão positiva dos seus produtos e da sua reputação antes de você ligar para eles ou antes de eles entrarem em sua loja interessados em algo, você tem muito mais chances de fechar uma venda.

Outra questão positiva a respeito da publicidade permanente é que ela não está ligada a uma etiqueta de preço. Seu papel é apenas o de mandar a mensagem certa para a pessoa certa no momento certo.

Abaixo, reunimos sete técnicas eficazes – e “em conta” – para divulgar um negócio e alavancar as vendas:

1. E-mail marketing

Há quem diga que os e-mails estão ficando obsoletos, mas querendo ou não, dentro da internet ele continua sendo a melhor forma de se comunicar com as pessoas. Assuntos mais sérios normalmente são tratados por ali e é difícil que alguém não abra seu e-mail pelo menos uma vez ao dia.

Por isso, um e-mail marketing bem feito pode ser uma excelente forma de divulgação. Nele você pode colocar ofertas, contar novidades sobre a empresa, oferecer descontos, mandar felicitações por uma data especial, enfim, há uma infinidade de mensagens para serem utilizadas neste meio.

Mas lembre-se de algumas recomendações importantes:

  • não ser invasivo;
  • não encher a caixa de e-mail das pessoas (preferir uma frequência semanal para envios);
  • enviar apenas informações úteis e alto valor, como dicas práticas e promoções reais;
  • pedir para o cliente cadastrar seu e-mail como “contato” (isso reduz as chances de sua mensagem cair na caixa de spam)
  • contratar um serviço profissional de envio de mensagens (como Mailchimp ou Aweber).

Outra dica é contratar um profissional especializado ou mesmo uma empresa que trabalhe com e-mail marketing, caso sua empresa não tenha, internamente, um profissional para isso. Eles saberão a melhor forma de abordar, de montar o e-mail e de enviá-lo.

2. Panfletagem

Se a verba está curta, o resultado da divulgação precisa ser imediato e tem a ver com seu público alvo, entregar folders ou flyers pode ser uma ótima estratégia de marketing, se você trabalha com uma estratégia de distribuição baseada na conveniência ou localidade.

É barato, fácil de distribuir e acima de tudo informativo. O segredo está em saber como fazer. Aqui vão algumas dicas:

  • Planeje o que vai dizer: no folheto podem constar promoções de produtos ou serviços ou pode ser apenas um meio de apresentação da empresa. O importante é que no panfleto contenha as informações básicas e diretas para o consumidor, como as promoções, os benefícios ao potencial cliente e a forma de localizar o estabelecimento, o produto ou o serviço.
  • Desenvolva um folheto criativo e bem feito.
  • Determine um bom ponto de entrega, ou a região a ser abrangida (se for entrega porta-a-porta)
  • Contrate funcionários simpáticos e atenciosos para fazer o trabalho. De nada adianta o panfleto ser ótimo e interessar o possível cliente, se a entrega for feita de um jeito totalmente equivocado, por alguém mal humorado ou desinformado.
  • Associe a panfletagem a uma programação visual, usando faixas em torno do local de panfletagem.
  • Associe a panfletagem a uma pesquisa comercial (para saber opinião dos clientes) ou a brindes ou degustações, para que isso você consiga também conversar com as pessoas, ver o que elas acham e obter seus cadastros para contatos futuros.

3. Criação de um site

Hoje em dia é crucial que uma empresa tenha presença na internet, seja ela de pequeno, médio e grande porte. Um site serve tanto para divulgar os produtos como para informar que a empresa existe (permitindo que ela seja localizada). O tamanho e o porte do site variam conforme o porte da empresa. Quanto maior a empresa, melhor deve ser o site e maior deve ser o investimento para isso.

Algumas dicas práticas:

  • Se seu empreendimento for pequeno, você pode criar um site ou blog simples e de maneira gratuita.
  • Prefira ter um endereço personalizado (nomedaempresa.com.br), o que é possível contratar mesmo em sistemas mais simples de blog, como WordPress e Blogspot.
  • Use o site para trazer depoimentos de clientes e casos de sucesso, bem como para mostrar como é o dia-a-dia de seu trabalho, isso pode atrair a curiosidade de muitos clientes e gerar neles confiança.
  • Além de ter um site, você deve pensar em como trazer visitantes para ele. Para isso, você pode usar campanhas pagas (no Google ou Facebook, por exemplo), ou investir na criação de conteúdos (para os clientes acharem sua empresa por meio de sistemas de busca, como Google ou Bing).
  • Crie artigos de texto e pequenos vídeos (hospedados no Youtube) para potencializar seu site.
  • Replique em seu site o conteúdo de suas redes sociais (como Facebook, Instagram, Linkedin e Twitter) e convide os visitantes de seu site a seguir sua empresa nessas redes.
  • Se seu negócio é local, use serviços de geolocalização (baseados em mapas) no seu site e cadastre seu site em serviços semelhantes, bem como em guias e classificados digitais da sua região.
  • Caso você possa investir um pouco mais, contrate uma empresa de criação de sites e estratégia web, assim poderá expandir e até realizar vendas pela internet.

O importante é ele estar bem feito e dar as informações básicas que o consumidor procurava ao chegar até ele.

4. Cartão de Visita

Todo empresário, líder ou profissional de vendas deve andar sempre com um maço de cartões de visita na carteira.

É muito barato desenvolver e imprimir esse tipo de cartão, que pode ir com você onde você for.

Algumas dicas para fazer um bom uso deste recurso:

  • Em eventos corporativos e reuniões de negócios, os cartões são obrigatórios.
  • Fora do horário de trabalho, em seu momento de lazer, também pode ser hora de prospectar. Está na fila do cinema e alguém atrás de você comenta que está procurando um produto ou serviço com que você trabalha? Dê-lhe um cartão. Você não vai se surpreender se no dia seguinte a pessoa que o recebeu aparecer em sua empresa.
  • Crie um cartão de visitas com um designer profissional e imprima o cartão com a máxima qualidade (por exemplo, usando acabamento em verniz e recortes diferenciados).
  • Não pense só na entrega do cartão: saiba o que dizer e como encantar seu contato para que você e seu cartão sejam lembrados no futuro.

5. Participe de feiras e conferências

Levar sua empresa para feiras e conferências é uma excelente maneira de divulgá-la para um público que ainda não a conhece.

Foque no segmento da feira e avalie a ligação e os benefícios que poderá ter para sua empresa. Se o seu negócio é vender produtos eletrônicos, foque em feiras e conferências ligadas ao meio ou que participem muitos jovens que tenham interesse no assunto.

Se você trabalha com móveis, procure participar de feiras de arquitetura e decoração. Sua marca estará justamente no cenário onde haverá mais interessados nela que ainda não a conhecem.

6. Flerte com a mídia local

Reportagens geram mais credibilidade do que a publicidade paga. Para receber a cobertura da mídia local, seja do jornal, da TV, de estações de rádio ou jornais de comércio, você precisa de uma notícia nova e na hora certa.

Se sua empresa for de médio a grande porte e tiver assuntos relevantes para colocar na mídia, aposte na contratação de um profissional de assessoria de imprensa. Ele poderá conseguir espaço para as notícias, ir atrás dos representantes de veículos de comunicação e enviar comunicados para a imprensa falando sobre sua empresa. Normalmente, isso pode ser feito por um curto prazo ou de vez em quando.

Conheça também algumas técnicas de viralização de conteúdos, que é um tema que já abordamos aqui no N&C. Se um conteúdo seu viralizar nas redes sociais, você terá propaganda grátis e efetiva para milhares (talvez, milhões) de potenciais consumidores.

7. Facebook e Linkedin

O Facebook é a maior e mais popular rede social do mundo e todo mundo está lá. Ou pelo menos quase todo mundo. O Facebook é uma excelente ferramenta párea empresas divulgarem seus produtos. Criar uma página no Facebook é bem simples e não se paga nada por isso. Mas gerar bom conteúdo e criar anúncios dentro dele exige algum investimento e dedicação.

Não basta apenas criar uma página e deixá-la às moscas.

O Linkedin é a maior rede profissional do mundo. Aqui, seu foco não será tanto o consumidor final, mas sim com grandes parceiros pontuais, como atacadistas ou representantes que podem revender seu produto, freelancers para projetos, futuros empregados etc.

Seguem algumas dicas, que podem ser aplicadas em outras redes sociais, além do Facebook e Linkedin:

  • Produza conteúdo com qualidade e regularidade (frequência).
  • Estude o horário do dia em que as publicações funcionem melhor; de vez em quando, mude de horário, para alcançar outras audiências.
  • Se você trabalha com imagens e fotos de produtos, experimente também usar o Instagram, especialmente de forma mais integrada com o Facebook.
  • Convide seus amigos para curtir sua página do Facebook e peça ajuda de amigos influentes para que façam o mesmo.
  • No Linkedin, peça que seus amigos lhe conectem (indiquem) a parceiros estratégicos; use o Linkedin também para saber os cargos e funções em uma empresa.
  • Anuncie seus produtos em algumas páginas e grupos de classificados e afins, ou em grupos específicos do seu ramo de atuação. Esses grupos são criados por outros usuários do Facebook (não faça spam).
  • Tire aprendizado do que os consumidores estão dizendo sobre você e sobre outras empresas nas redes sociais.
  • Contrate um profissional de redes sociais, para que faça um planejamento e execute as ações de divulgação.
  • Use imagens, mensagens rápidas (memes) e pequenos textos.
  • Divulgue nas redes sociais o link de conteúdos importantes, especialmente que tenham sido divulgados no site de sua empresa.
  • Faça algumas campanhas pagas no Facebook e Linkedin, analise a taxa de retorno para seu negócio.

 

Redação N&C on FacebookRedação N&C on LinkedinRedação N&C on TwitterRedação N&C on Youtube
Redação N&C
O Negócios & Carreiras é uma revista eletrônica com conteúdo de qualidade e atualizado, para desenvolvimento de pessoas e empresas.

2 comments

  1. Cleber Rodrigues da Silva

    Advogado de danos morais, direito ambiental, penal, crime, previdência, contratos e outros.

    Advogado na cidade de Santa Fe do Sul-SP

    Nosso site: http://www.consulteseuadvogado.com.br

O que você achou do artigo? Comente!

Seu e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios está marcados *

*

Scroll To Top